Vimos Na Unidade 3 Que Para Borges Fillion

Reza April 11, 2022
Curso pedreiro parte 2

Introdução

Na unidade 3 do curso, aprendemos sobre o modelo de maturidade em gestão de projetos proposto por Borges Fillion. Este modelo é uma ferramenta que permite avaliar a maturidade de uma organização em gestão de projetos e identificar áreas de melhoria. Neste artigo, vamos discutir em detalhes o modelo de maturidade em gestão de projetos proposto por Borges Fillion.

O modelo de maturidade em gestão de projetos de Borges Fillion

O modelo de maturidade em gestão de projetos de Borges Fillion é composto por cinco níveis de maturidade, cada um representando um estágio no desenvolvimento da gestão de projetos em uma organização. Os níveis são os seguintes:

Nível 1 – Inicial

No nível 1, a organização não tem uma metodologia formal de gestão de projetos e a gestão de projetos é realizada de forma ad hoc. Os projetos são gerenciados de forma independente, sem coordenação ou comunicação entre eles. Não há processos ou procedimentos padronizados e não há um líder de projetos designado.

Nível 2 – Repetível

No nível 2, a organização implementou uma metodologia de gestão de projetos básica. Os projetos são gerenciados de acordo com um conjunto de processos e procedimentos padronizados, e a comunicação e coordenação entre os projetos é melhorada. A organização tem um líder de projetos designado e as responsabilidades são definidas.

Nível 3 – Definido

No nível 3, a organização tem um processo de gestão de projetos formalizado e padronizado. Todos os projetos são gerenciados de acordo com o mesmo conjunto de processos e procedimentos, e a comunicação e coordenação entre os projetos é aprimorada. A organização tem um escritório de projetos (PMO) e todos os gerentes de projetos são certificados.

Nível 4 – Gerenciado

No nível 4, a organização tem um processo de gestão de projetos quantitativamente gerenciado. A organização coleta e analisa dados sobre o desempenho do projeto e usa esses dados para melhorar continuamente o processo de gestão de projetos. A organização tem uma cultura de melhoria contínua e aprimoramento dos processos de gestão de projetos.

For more information, please click the button below.

Nível 5 – Otimizado

No nível 5, a organização tem um processo de gestão de projetos otimizado. O processo é adaptado para atender às necessidades específicas da organização e é continuamente melhorado para garantir a eficiência máxima. A organização tem uma cultura de inovação e é capaz de antecipar e responder rapidamente às mudanças no ambiente de negócios.

Como avaliar a maturidade da organização?

Para avaliar a maturidade da organização em gestão de projetos, Borges Fillion propõe um conjunto de critérios que devem ser avaliados em cada nível de maturidade. Esses critérios são os seguintes:

  • Políticas e estratégias
  • Processos
  • Pessoas
  • Ferramentas e tecnologias
  • Cultura

Cada um desses critérios é avaliado em termos de sua presença e eficácia. A presença se refere à existência de políticas, processos, pessoas, ferramentas e cultura em cada nível de maturidade. A eficácia se refere à efetividade desses critérios em cada nível de maturidade.

Como melhorar a maturidade da organização?

Para melhorar a maturidade da organização em gestão de projetos, Borges Fillion propõe um conjunto de ações que devem ser tomadas em cada nível de maturidade. Essas ações são as seguintes:

  • Nível 1 – Inicial: desenvolver uma estrutura básica de gestão de projetos e definir um líder de projetos
  • Nível 2 – Repetível: desenvolver um conjunto de processos padronizados de gestão de projetos e melhorar a comunicação e coordenação entre os projetos
  • Nível 3 – Definido: desenvolver um processo formalizado de gestão de projetos, implementar um escritório de projetos e certificar todos os gerentes de projetos
  • Nível 4 – Gerenciado: coletar e analisar dados sobre o desempenho do projeto e usar esses dados para melhorar continuamente o processo de gestão de projetos
  • Nível 5 – Otimizado: adaptar o processo de gestão de projetos às necessidades específicas da organização e promover uma cultura de inovação e melhoria contínua

Conclusão

O modelo de maturidade em gestão de projetos proposto por Borges Fillion é uma ferramenta valiosa para avaliar a maturidade da organização em gestão de projetos e identificar áreas de melhoria. A implementação deste modelo pode ajudar as organizações a melhorar sua eficiência e eficácia em gestão de projetos, o que pode levar a melhores resultados de negócios.

FAQs

1. O modelo de maturidade em gestão de projetos de Borges Fillion é aplicável a todas as organizações?

Sim, o modelo de maturidade em gestão de projetos de Borges Fillion é aplicável a todas as organizações, independentemente do setor ou tamanho.

2. O que é um escritório de projetos (PMO)?

Um escritório de projetos (PMO) é uma unidade organizacional que define e mantém os padrões para a gestão de projetos na organização. O PMO é responsável por fornecer suporte aos gerentes de projetos e garantir que os projetos estejam alinhados com as estratégias de negócios da organização.

3. Quais são os benefícios de implementar o modelo de maturidade em gestão de projetos de Borges Fillion?

Os benefícios de implementar o modelo de maturidade em gestão de projetos de Borges Fillion incluem uma maior eficiência e eficácia na gestão de projetos, uma cultura de melhoria contínua e aprimoramento dos processos de gestão de projetos, e melhores resultados de negócios.

Related video of vimos na unidade 3 que para borges filion

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait