Vidrarias De Laboratório: Nomes E Função

Reza July 28, 2021
artigos traduzidos Diário de um Químico Digital 3.0

As vidrarias de laboratório são essenciais para realizar experimentos e testes em diversas áreas da ciência. Cada vidraria possui uma função específica e é importante conhecer os nomes e as funções de cada uma para utilizá-las corretamente e obter resultados precisos e confiáveis.

1. Béquer

O béquer é uma vidraria cilíndrica utilizada para medir, misturar e aquecer líquidos. Possui um bico lateral que facilita o despejo do líquido e uma base plana que permite a colocação em superfícies planas. O béquer pode ser aquecido diretamente em uma chama, mas é recomendado o uso de uma tela de amianto para evitar o superaquecimento e possíveis rachaduras.

2. Erlenmeyer

O Erlenmeyer é uma vidraria cônica utilizada para medir, misturar e aquecer líquidos. Possui uma base larga que proporciona maior estabilidade e uma boca estreita que evita a evaporação excessiva do líquido. O Erlenmeyer também pode ser aquecido diretamente em uma chama, mas é recomendado o uso de uma tela de amianto.

3. Pipeta graduada

A pipeta graduada é uma vidraria utilizada para medir volumes precisos de líquidos. Possui uma escala graduada na sua superfície que permite a medição exata do volume desejado. A pipeta graduada deve ser manuseada com cuidado para evitar quebras ou danos na escala graduada.

4. Proveta

A proveta é uma vidraria cilíndrica utilizada para medir volumes de líquidos. Possui uma escala graduada na sua superfície que permite a medição aproximada do volume desejado. A proveta é mais precisa do que o béquer e é recomendada para medições mais precisas.

5. Balão volumétrico

O balão volumétrico é uma vidraria utilizada para medir volumes precisos de líquidos. Possui uma marcação na sua superfície que indica o volume exato que deve ser preenchido. O balão volumétrico é mais preciso do que a pipeta graduada e a proveta e é recomendado para medições extremamente precisas.

For more information, please click the button below.

6. Funil de separação

O funil de separação é uma vidraria utilizada para separar líquidos imiscíveis, ou seja, líquidos que não se misturam. Possui uma torneira na sua parte inferior que permite a retirada do líquido de forma controlada. O funil de separação é utilizado em processos de extração e purificação de compostos.

7. Tubo de ensaio

O tubo de ensaio é uma vidraria cilíndrica utilizada para realizar experimentos em pequena escala. Possui uma base plana que permite a colocação em superfícies planas e uma boca estreita que evita a evaporação excessiva do líquido. O tubo de ensaio é utilizado para testar reações químicas e observar mudanças físicas em pequenas quantidades.

8. Pipeta Pasteur

A pipeta Pasteur é uma vidraria utilizada para transferir pequenos volumes de líquidos. Não possui escala graduada e é utilizada para transferências rápidas e imprecisas. A pipeta Pasteur é mais utilizada para transferir líquidos de um recipiente para outro, mas não é recomendada para medições precisas.

9. Vidro relógio

O vidro relógio é uma vidraria utilizada para pesar substâncias sólidas em pequenas quantidades. Possui uma base plana e uma borda levantada que evita a queda de substâncias. O vidro relógio deve ser manuseado com cuidado para evitar quebras ou danos na sua superfície.

10. Garrafa lavadora

A garrafa lavadora é uma vidraria utilizada para lavar outras vidrarias. Possui um bico lateral que permite a saída do fluxo de água e uma base plana que permite a colocação em superfícies planas. A garrafa lavadora é utilizada para remover resíduos de outras vidrarias e garantir a limpeza adequada.

Conclusão

As vidrarias de laboratório são essenciais para realizar experimentos e testes em diversas áreas da ciência. Cada vidraria possui uma função específica e é importante conhecer os nomes e as funções de cada uma para utilizá-las corretamente e obter resultados precisos e confiáveis. O conhecimento sobre as vidrarias de laboratório é fundamental para qualquer estudante ou profissional da área de ciências.

FAQs

1. Como limpar as vidrarias de laboratório?

As vidrarias de laboratório devem ser limpas com água e detergente neutro após o uso. Para resíduos mais difíceis, pode-se utilizar uma solução de água e ácido nítrico. É importante enxaguar as vidrarias com água destilada após a limpeza para evitar resíduos que possam interferir nos resultados dos experimentos.

2. Como evitar quebra das vidrarias de laboratório?

Para evitar quebras das vidrarias de laboratório, é importante manuseá-las com cuidado e evitar impactos ou quedas. Também é recomendado utilizar luvas de proteção para evitar cortes e queimaduras em caso de quebra. Além disso, é importante verificar a integridade das vidrarias antes de utilizá-las e descartar aquelas que apresentam rachaduras ou danos na superfície.

3. Como escolher a vidraria correta para cada experimento?

Para escolher a vidraria correta para cada experimento, é importante conhecer as funções e os nomes de cada uma e avaliar qual vidraria atende melhor às necessidades do experimento. Também é importante considerar a precisão e a exatidão das medições necessárias e escolher a vidraria mais adequada para cada caso.

Related video of vidrarias de laboratorio nomes e função

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait