Um Químico Descobriu Que O Níquel Metálico

Reza August 23, 2021
Nickel Table of Elements by Shrenil Sharma

Introdução

Em 1751, Axel Fredrik Cronstedt, um químico sueco, descobriu um novo metal que ele chamou de “novo cobre branco”. Ele mais tarde percebeu que este metal era na verdade uma nova substância química que ele chamou de “níquel”. Desde então, o níquel tem sido usado em uma variedade de aplicações, desde moedas até aços inoxidáveis. Recentemente, um químico descobriu algo novo sobre o níquel metálico que pode ter implicações importantes para a indústria.

A descoberta

O químico em questão é Jörg Weissmüller, professor de física e engenharia de materiais na Universidade de Saarland, na Alemanha. Weissmüller e sua equipe descobriram que o níquel metálico tem uma propriedade única que permite que ele se torne mais forte e mais resistente à deformação quando é submetido a altas pressões. Para entender como isso funciona, é preciso entender um pouco sobre como os metais são estruturados. Os metais são compostos de um arranjo regular de átomos, conhecido como rede cristalina. Quando um metal é submetido a forças externas, como estresse ou deformação, essa rede cristalina pode mudar de forma, o que pode afetar suas propriedades físicas. O que a equipe de Weissmüller descobriu é que, quando o níquel metálico é submetido a altas pressões, sua rede cristalina muda de uma estrutura cúbica para uma estrutura hexagonal. Esta mudança na estrutura cristalina aumenta a força e a resistência do metal, tornando-o mais difícil de deformar ou quebrar.

Implicações para a indústria

A descoberta de Weissmüller pode ter implicações importantes para a indústria, especialmente para a fabricação de peças mecânicas. Atualmente, muitas peças mecânicas são feitas de aços de alta resistência, que são difíceis e caros de produzir. Se o níquel metálico puder ser usado em vez desses aços, isso poderia reduzir significativamente os custos de produção. Além disso, o níquel metálico tem outras vantagens em relação aos aços de alta resistência. É mais leve, mais resistente à corrosão e tem melhor condutividade térmica e elétrica. Estas propriedades podem ser úteis em aplicações onde o peso e a resistência à corrosão são importantes, como em peças de aeronaves.

Conclusão

A descoberta de Weissmüller sobre as propriedades únicas do níquel metálico pode ter implicações importantes para a indústria. Se o níquel metálico puder ser usado em vez de aços de alta resistência, isso poderia reduzir significativamente os custos de produção de peças mecânicas. Além disso, o níquel metálico tem outras vantagens importantes em relação aos aços de alta resistência, como ser mais leve, mais resistente à corrosão e ter melhor condutividade térmica e elétrica.

FAQs

1. O níquel metálico é seguro para uso em peças mecânicas?

Sim, o níquel metálico é seguro para uso em peças mecânicas. Ele é usado há décadas em uma variedade de aplicações, incluindo moedas e aços inoxidáveis. Além disso, o níquel metálico é resistente à corrosão e tem uma alta condutividade térmica e elétrica, o que o torna uma escolha popular para muitas aplicações.

2. A descoberta de Weissmüller significa que o níquel metálico substituirá completamente os aços de alta resistência?

Não necessariamente. Embora o níquel metálico tenha propriedades únicas que o tornam adequado para algumas aplicações, os aços de alta resistência ainda são necessários para muitas outras aplicações. Além disso, a produção em massa de peças de níquel metálico ainda pode ser um desafio técnico.

For more information, please click the button below.

3. A descoberta de Weissmüller terá algum impacto ambiental?

Não se sabe ainda se a descoberta de Weissmüller terá algum impacto ambiental. No entanto, o níquel é um recurso natural limitado e a mineração de níquel pode ter impactos ambientais significativos. É importante que os fabricantes considerem o impacto ambiental de seus materiais e busquem maneiras de reduzir seu impacto.

Related video of um químico descobriu que o níquel metálico

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait