Trechos De Músicas Com Figuras De Linguagem

Reza March 30, 2022
As figuras de linguagem representadas nas palavras destacadas nos dois

As figuras de linguagem são recursos utilizados na língua portuguesa para tornar a comunicação mais expressiva e criativa. Elas são muito comuns em diversos tipos de textos, incluindo as letras de músicas. Neste artigo, vamos apresentar alguns trechos de músicas que são exemplos de diferentes figuras de linguagem.

Metáfora

A metáfora é uma figura de linguagem que consiste em atribuir um significado figurado a uma palavra ou expressão, com base em alguma semelhança ou relação de sentido entre os elementos envolvidos. Veja alguns exemplos:

  • “Você é um espelho, é um retrato da dor” (Renato Russo, “Índios”) – nesta frase, o eu lírico compara a pessoa amada a um espelho, que reflete a sua própria dor.
  • “Amor é um livro, sexo é esporte, sexo é escolha” (Rita Lee, “Amor e Sexo”) – aqui, a cantora utiliza a metáfora para comparar o amor e o sexo a outras atividades que possuem diferentes características.
  • “Minha alma é o mar, e as tormentas são gotas de mel” (Cazuza, “O Tempo Não Para”) – nesta música, a alma do cantor é representada como um mar, que é capaz de transformar as tormentas em algo doce e suave.

Metonímia

A metonímia é uma figura de linguagem que consiste em utilizar uma palavra ou expressão para representar outra, com base em alguma relação de proximidade ou associação entre elas. Veja alguns exemplos:

  • “Ouvi dizer que lá faz um frio danado” (Chico Buarque, “Construção”) – nesta frase, o eu lírico utiliza a expressão “frio danado” para se referir ao frio intenso que faz naquele lugar.
  • “O sol nasceu pra todos, mas pra mim ele nunca vem” (Cássia Eller, “Malandragem”) – aqui, a cantora utiliza o sol como uma metonímia para representar a felicidade ou a sorte que nunca chegam para ela.
  • “Ninguém é de ninguém, eu sou você amanhã” (Lulu Santos, “Apenas Mais Uma de Amor”) – nesta música, a frase “eu sou você amanhã” é uma metonímia para representar a ideia de que o eu lírico se coloca no lugar da pessoa amada.

Personificação

A personificação é uma figura de linguagem que consiste em atribuir características humanas a seres inanimados, animais ou ideias abstratas. Veja alguns exemplos:

  • “O vento brinca nos seus cabelos, como um menino” (Lulu Santos, “Tempos Modernos”) – nesta música, o vento é personificado como um menino que brinca com os cabelos da pessoa amada.
  • “A cidade é uma selva de pedra, e o coração do homem é um animal” (Titãs, “Polícia”) – aqui, a cidade e o coração do homem são personificados como seres vivos, que possuem instintos e comportamentos semelhantes aos animais.
  • “A lua que eu te dei, era pra ter iluminado o nosso amor” (O Rappa, “Minha Alma”) – nesta música, a lua é personificada como um objeto que pode iluminar ou escurecer o amor entre duas pessoas.

Antítese

A antítese é uma figura de linguagem que consiste em colocar palavras ou ideias opostas em um mesmo contexto, com o objetivo de criar um contraste ou uma tensão entre elas. Veja alguns exemplos:

  • “Eu te amo e não quero, não quero te amar” (Legião Urbana, “Eu Sei”) – nesta música, a antítese é utilizada para mostrar o conflito interno do eu lírico, que ama a pessoa mas não quer sentir esse amor.
  • “Eu sou um pássaro de fogo, que canta ao teu ouvido” (Paula Fernandes, “Pássaro de Fogo”) – aqui, a antítese é utilizada para mostrar a dualidade da personagem, que é forte como um pássaro de fogo mas também é sensível e romântica, como um pássaro que canta ao ouvido da pessoa amada.
  • “O amor é um livro de mentiras, que um dia a gente escreve” (Engenheiros do Hawaii, “Infinita Highway”) – nesta música, a antítese é utilizada para mostrar a ambiguidade do amor, que pode ser verdadeiro ou falso, dependendo das circunstâncias.

Conclusão

As figuras de linguagem são recursos muito importantes para tornar a comunicação mais expressiva e criativa. Elas são utilizadas em diversos tipos de textos, incluindo as letras de músicas, que muitas vezes se tornam verdadeiras poesias. As metáforas, metonímias, personificações e antíteses são apenas alguns exemplos de figuras de linguagem que podem ser encontradas nas músicas brasileiras, e que contribuem para a beleza e a complexidade dessas obras.

For more information, please click the button below.

FAQs

1. Qual é a diferença entre metáfora e metonímia?

A metáfora consiste em atribuir um significado figurado a uma palavra ou expressão, com base em alguma semelhança ou relação de sentido entre os elementos envolvidos. Já a metonímia consiste em utilizar uma palavra ou expressão para representar outra, com base em alguma relação de proximidade ou associação entre elas. Em resumo, a metáfora compara dois elementos que possuem alguma semelhança, enquanto a metonímia utiliza um elemento para representar outro que está relacionado a ele.

2. Por que as figuras de linguagem são importantes nas letras de músicas?

As figuras de linguagem são importantes nas letras de músicas porque elas tornam a comunicação mais expressiva e criativa. As músicas são uma forma de arte que utiliza a linguagem para transmitir emoções, ideias e reflexões sobre a vida e o mundo. As figuras de linguagem contribuem para essa expressividade, criando imagens, associações e contrastes que enriquecem o significado das palavras.

3. Como identificar as figuras de linguagem nas letras de músicas?

Para identificar as figuras de linguagem nas letras de músicas, é preciso prestar atenção aos significados das palavras e às relações que elas estabelecem entre si. Algumas figuras de linguagem são mais evidentes, como as metáforas e as personificações, que criam imagens e comparações entre elementos diferentes. Outras figuras de linguagem são mais sutis, como as metonímias e as antíteses, que exigem uma análise mais cuidadosa do contexto em que são utilizadas. Em geral, as figuras de linguagem contribuem para tornar a letra da música mais interessante e significativa, e podem ser um dos elementos que fazem com que uma música se torne um sucesso.

Related video of trechos de músicas com figuras de linguagem

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait