Translucência Nucal 1 7Mm É Normal?

Reza January 19, 2022
O que é translucência nucal? Entenda para que serve o exame

A translucência nucal é um exame de ultrassom realizado durante a gravidez para medir a espessura da nuca do feto. Esse exame é importante para avaliar o risco de anomalias cromossômicas, especialmente a síndrome de Down. Uma medida acima do normal pode ser um indicativo de problemas, mas é importante lembrar que nem sempre é o caso.

O que é a translucência nucal?

A translucência nucal é uma camada de líquido que se acumula na parte de trás do pescoço do feto durante o primeiro trimestre da gravidez. Esse líquido é medido em milímetros e pode indicar o risco de anomalias cromossômicas, especialmente a síndrome de Down.

Como é feito o exame?

O exame de translucência nucal é realizado entre a 11ª e a 14ª semana de gestação. O obstetra ou o técnico em ultrassonografia mede a espessura da nuca do feto com um aparelho de ultrassom. Esse exame é indolor e não invasivo, não oferecendo riscos para a mãe ou para o feto.

O que significa uma medida de 1,7mm?

Uma medida de 1,7mm é considerada normal para a translucência nucal. No entanto, é importante lembrar que a medida deve ser avaliada em conjunto com outros fatores de risco, como a idade da mãe, o histórico familiar e o resultado de outros exames.

Quais são os riscos associados a uma medida acima do normal?

Uma medida acima do normal pode indicar um risco aumentado de anomalias cromossômicas, especialmente a síndrome de Down. No entanto, é importante lembrar que nem sempre uma medida elevada significa que o feto tem uma anomalia cromossômica. Nesse caso, o obstetra pode recomendar outros exames para avaliar o risco de forma mais precisa.

O que fazer se a medida da translucência nucal estiver acima do normal?

Se a medida da translucência nucal estiver acima do normal, o obstetra pode recomendar outros exames para avaliar o risco de anomalias cromossômicas. Algumas opções incluem:

For more information, please click the button below.
  • Exame de sangue materno: esse exame mede os níveis de certas substâncias no sangue da mãe que podem indicar o risco de anomalias cromossômicas.
  • Amniocentese: esse exame envolve a retirada de uma amostra do líquido amniótico para avaliar a presença de anomalias cromossômicas. No entanto, esse exame é invasivo e oferece um pequeno risco de complicações.
  • Biopsia de vilo corial: esse exame envolve a retirada de uma amostra da placenta para avaliar a presença de anomalias cromossômicas. Assim como a amniocentese, esse exame é invasivo e oferece um pequeno risco de complicações.

Conclusão

A translucência nucal é um exame importante para avaliar o risco de anomalias cromossômicas durante a gravidez. Uma medida de 1,7mm é considerada normal, mas é importante lembrar que a medida deve ser avaliada em conjunto com outros fatores de risco. Se a medida estiver acima do normal, o obstetra pode recomendar outros exames para avaliar o risco de forma mais precisa.

FAQs

1. A translucência nucal pode detectar todas as anomalias cromossômicas?

Não, a translucência nucal é um exame que avalia especificamente o risco de síndrome de Down. Outras anomalias cromossômicas podem ser detectadas por outros exames, como a amniocentese e a biopsia de vilo corial.

2. A medida da translucência nucal pode mudar ao longo da gravidez?

Não, a medida da translucência nucal não deve mudar significativamente ao longo da gravidez. Se uma medida anteriormente normal se tornar elevada, isso pode ser um indicativo de problemas.

3. A translucência nucal é um exame obrigatório durante a gravidez?

A translucência nucal não é obrigatória durante a gravidez, mas é recomendada para mulheres que desejam avaliar o risco de anomalias cromossômicas. O exame é indolor e não oferece riscos para a mãe ou para o feto.

Related video of translucência nucal 1 7mm é normal

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait