Segundo Hume A Filosofia Moral

Reza July 8, 2021
ESTRELLA'S PHILOSOPHY

David Hume, filósofo escocês do século XVIII, é conhecido por suas contribuições à filosofia moral. Em sua obra “Uma Investigação Sobre os Princípios da Moral”, Hume apresenta seus argumentos sobre a natureza da moralidade, a origem das nossas ideias morais e como elas afetam nossas ações. Neste artigo, exploraremos a filosofia moral de Hume em detalhes.

A natureza da moralidade segundo Hume

Para Hume, a moralidade não é algo que existe objetivamente no mundo. Em vez disso, a moralidade é uma criação da mente humana. Ele argumenta que nossos sentimentos morais são o resultado de uma combinação de fatores, incluindo nossas emoções, hábitos e razão.

Em outras palavras, Hume acredita que a moralidade não é algo que pode ser descoberto através da razão ou da observação empírica. Em vez disso, a moralidade é algo que emerge da nossa experiência emocional do mundo ao nosso redor.

A origem das nossas ideias morais

De acordo com Hume, nossas ideias morais não são inatas ou inerentes à natureza humana. Em vez disso, nossas ideias morais são o resultado da nossa experiência emocional do mundo ao nosso redor. Em outras palavras, nossas ideias morais são formadas a partir de nossas emoções, hábitos e razão.

Por exemplo, Hume argumenta que a ideia de justiça surge da nossa experiência emocional de sentimentos como gratidão, ressentimento e admiração. Quando alguém age de maneira justa, somos levados a sentir gratidão e admiração por essa pessoa. Por outro lado, quando alguém age de maneira injusta, somos levados a sentir ressentimento e desaprovação.

Assim, para Hume, nossas ideias morais são o resultado de nossas emoções e sentimentos em relação às ações dos outros. Nós não “descobrimos” a moralidade objetivamente; em vez disso, ela é construída a partir de nossas experiências emocionais.

For more information, please click the button below.

As implicações da filosofia moral de Hume

A filosofia moral de Hume tem várias implicações importantes. Algumas das mais significativas incluem:

  • A moralidade não é algo que pode ser descoberto objetivamente através da razão ou da observação empírica. Em vez disso, a moralidade é algo que emerge da nossa experiência emocional do mundo ao nosso redor.
  • Nossas ideias morais são formadas a partir de nossas emoções e sentimentos em relação às ações dos outros. Nós não “descobrimos” a moralidade objetivamente; em vez disso, ela é construída a partir de nossas experiências emocionais.
  • A moralidade não é absoluta ou imutável. Em vez disso, a moralidade é algo que evolui ao longo do tempo, à medida que nossas experiências emocionais mudam.
  • Não há uma única moralidade “certa” ou “errada”. Em vez disso, a moralidade é relativa à cultura, à época e ao contexto em que é aplicada.

Conclusão

Em resumo, a filosofia moral de Hume argumenta que a moralidade é uma criação da mente humana, que emerge de nossas experiências emocionais em relação às ações dos outros. Nossas ideias morais não são inerentes à natureza humana, mas sim construídas a partir de nossas emoções, hábitos e razão. A moralidade não é absoluta ou imutável, mas sim relativa à cultura, à época e ao contexto em que é aplicada. A filosofia moral de Hume pode ser vista como uma abordagem subjetivista à moralidade, que enfatiza a importância das emoções e sentimentos na formação de nossas ideias morais.

FAQs

O que é a filosofia moral de Hume?

A filosofia moral de Hume é uma abordagem subjetivista à moralidade que argumenta que a moralidade é uma criação da mente humana, que emerge de nossas experiências emocionais em relação às ações dos outros. Nossas ideias morais não são inerentes à natureza humana, mas sim construídas a partir de nossas emoções, hábitos e razão.

Qual é a origem das nossas ideias morais, de acordo com Hume?

De acordo com Hume, nossas ideias morais são o resultado da nossa experiência emocional do mundo ao nosso redor. Nossas ideias morais são formadas a partir de nossas emoções e sentimentos em relação às ações dos outros.

O que significa dizer que a moralidade é relativa, de acordo com Hume?

Para Hume, a moralidade é relativa à cultura, à época e ao contexto em que é aplicada. Não há uma única moralidade “certa” ou “errada”.

Related video of segundo hume a filosofia moral

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait