Resumo Do Livro O Homem Que Calculava

Reza March 9, 2022
O homem que calculava _ Capítulo III

Introdução

O livro O Homem que Calculava, escrito por Malba Tahan, conta a história de Beremiz Samir, um jovem persa que possuía uma habilidade incrível para fazer cálculos mentais e resolver problemas matemáticos de forma surpreendente. A narrativa se passa no século XIII, em Bagdá, e é repleta de aventuras, desafios e ensinamentos sobre a matemática, a cultura árabe e a religião islâmica.

Enredo

Beremiz Samir é um jovem persa que viaja para Bagdá em busca de aventuras. Ele é um habilidoso calculista mental e logo chama a atenção de muitas pessoas pela cidade. Beremiz faz amizade com um comerciante chamado Mazen, que o contrata para ajudá-lo a resolver problemas matemáticos em seu comércio. Ao longo da narrativa, Beremiz enfrenta diversos desafios matemáticos e, com sua habilidade, consegue resolvê-los de forma surpreendente. Ele também conhece muitas pessoas e aprende sobre a cultura, a religião e as tradições árabes. Um dos momentos mais marcantes da história é quando Beremiz é desafiado por um sábio que se considera o maior calculista de Bagdá. Eles fazem uma série de cálculos mentais em uma praça pública e, no final, Beremiz vence o desafio. Esse episódio faz com que Beremiz ganhe ainda mais fama e respeito na cidade. Além dos desafios matemáticos, o livro também aborda temas como a amizade, a solidariedade e a religiosidade. Beremiz é um personagem humilde e generoso, que sempre busca ajudar as pessoas e fazer o bem. Ele também é um grande admirador da religião islâmica e de seus ensinamentos, o que é retratado em diversas passagens da história.

Personagens

Além de Beremiz Samir, o livro apresenta outros personagens importantes, como: – Mazen: um comerciante que contrata Beremiz para ajudá-lo com problemas matemáticos em seu comércio. – Zaid: um rico comerciante que desafia Beremiz para uma competição matemática. – Hasib: um jovem beduíno que se torna amigo de Beremiz e o acompanha em diversas aventuras. – Sábio de Khoy: um matemático muito respeitado que desafia Beremiz para um duelo matemático em uma praça pública. – Sharazade: filha do sultão de Bagdá, que se apaixona por Beremiz e o ajuda em um momento difícil da história.

Temas abordados

O Homem que Calculava aborda diversos temas importantes, como: – Matemática: o livro apresenta diversos desafios matemáticos e ensina conceitos matemáticos de forma lúdica e divertida. – Cultura árabe: a narrativa se passa em Bagdá, no século XIII, e apresenta muitos costumes, tradições e valores da cultura árabe. – Religião islâmica: Beremiz é um grande admirador da religião islâmica e de seus ensinamentos, o que é retratado em diversas passagens da história. – Amizade e solidariedade: Beremiz é um personagem humilde e generoso, que sempre busca ajudar as pessoas e fazer o bem. Ele faz muitas amizades ao longo da história e aprende a importância da solidariedade. – Superação de desafios: Beremiz enfrenta diversos desafios matemáticos ao longo da história e, com sua habilidade, consegue superá-los de forma surpreendente.

Conclusão

O Homem que Calculava é uma obra incrível que mistura aventura, matemática, cultura e religião de forma envolvente e divertida. O livro ensina conceitos matemáticos de forma lúdica e apresenta muitos valores importantes, como a amizade, a solidariedade e a religiosidade. Beremiz Samir é um personagem cativante e inspirador, que nos ensina a importância da humildade, da generosidade e da perseverança. Recomendo muito a leitura dessa obra para quem gosta de matemática, de aventuras ou simplesmente de uma boa história.

FAQs

1. Quem é o autor do livro O Homem que Calculava?

O autor do livro O Homem que Calculava é Malba Tahan, que é o pseudônimo do professor brasileiro Júlio César de Mello e Souza.

For more information, please click the button below.

2. O livro é indicado para que faixa etária?

O Homem que Calculava é indicado para todas as idades, mas é especialmente recomendado para crianças e jovens que estão aprendendo matemática.

3. O livro é baseado em fatos reais?

Não, O Homem que Calculava é uma obra de ficção. Embora a história se passe em Bagdá, no século XIII, e apresente muitos costumes, tradições e valores da cultura árabe e da religião islâmica, os personagens e os eventos são fictícios.

Related video of resumo do livro o homem que calculava

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait