Resenha Do Livro A Hora Da Estrela

Reza February 25, 2022
Até a Ultima Página Resenha A Hora da Estrela, de Clarice Lispector

Introdução

A Hora da Estrela é um livro do escritor brasileiro Clarice Lispector publicado em 1977 pela editora Francisco Alves. É considerado uma das obras mais importantes da autora e da literatura brasileira do século XX. A história é narrada por Rodrigo S.M., um escritor fictício que conta a história de Macabéa, uma imigrante nordestina que vive em condições de extrema pobreza na cidade do Rio de Janeiro.

Enredo

Macabéa é uma jovem de dezenove anos que trabalha como datilógrafa em uma pequena empresa e que vive em um quarto alugado em um cortiço em uma das áreas mais pobres do Rio de Janeiro. Ela é uma personagem tímida e solitária, que sonha em encontrar o amor verdadeiro e em melhorar de vida. Rodrigo S.M., o narrador, é um escritor fictício que conta a história de Macabéa, mas também se coloca como personagem do livro. Ele é um escritor frustrado e cínico que se diverte com a ignorância e a ingenuidade de Macabéa, mas também se sente comovido por sua solidão e vulnerabilidade. Ao longo do livro, acompanhamos a vida de Macabéa, seus sonhos e frustrações, sua relação com Olímpico de Jesus, um colega de trabalho que se aproveita de sua ingenuidade, e sua amizade com Gloria, uma colega de trabalho que tenta ajudá-la a ser mais feliz.

Análise crítica

A Hora da Estrela é um livro complexo e profundo que aborda temas como a solidão, a pobreza, a ignorância e a busca pelo sentido da vida. Clarice Lispector utiliza uma linguagem poética e filosófica para explorar a psicologia de seus personagens e para refletir sobre a condição humana. A personagem de Macabéa é uma das mais marcantes da literatura brasileira. Ela representa a figura do excluído social, do indivíduo que vive à margem da sociedade e que busca um sentido para sua existência. Através de Macabéa, Lispector nos mostra como a vida pode ser difícil e cruel para aqueles que não têm recursos e como a ignorância pode ser uma prisão. O narrador Rodrigo S.M. também é uma personagem interessante e complexa. Ele representa a figura do escritor cínico e desiludido, que se diverte com a miséria alheia, mas que ao mesmo tempo se sente incomodado com sua própria existência. Através de Rodrigo, Lispector nos mostra como a arte pode ser uma forma de confrontar a realidade e de buscar um sentido para a vida. A linguagem utilizada por Clarice Lispector é poética e filosófica. Ela utiliza metáforas e reflexões sobre a vida e a morte para explorar os sentimentos e as emoções de seus personagens. Seus diálogos são curtos e simples, mas cheios de significado e profundidade. Através de sua escrita, Lispector nos leva a refletir sobre a condição humana e sobre o sentido da vida.

Conclusão

A Hora da Estrela é um livro marcante e profundo que aborda temas universais como a solidão, a pobreza e a busca pelo sentido da vida. Clarice Lispector utiliza uma linguagem poética e filosófica para explorar a psicologia de seus personagens e para refletir sobre a condição humana. A personagem de Macabéa é uma das mais marcantes da literatura brasileira e representa a figura do excluído social. O narrador Rodrigo S.M. também é uma personagem interessante e complexa que representa a figura do escritor cínico e desiludido. Através de sua escrita, Lispector nos leva a refletir sobre a vida e a morte, sobre a arte e sobre a condição humana.

FAQs

1. Qual é a importância de A Hora da Estrela na literatura brasileira?

A Hora da Estrela é considerado uma das obras mais importantes da literatura brasileira do século XX. O livro aborda temas universais como a solidão, a pobreza e a busca pelo sentido da vida e utiliza uma linguagem poética e filosófica para explorar a psicologia de seus personagens. A personagem de Macabéa é uma das mais marcantes da literatura brasileira e representa a figura do excluído social.

2. Qual é o papel do narrador Rodrigo S.M. em A Hora da Estrela?

Rodrigo S.M. é um escritor fictício que se coloca como personagem do livro e que conta a história de Macabéa. Ele representa a figura do escritor cínico e desiludido que se diverte com a miséria alheia, mas que ao mesmo tempo se sente incomodado com sua própria existência. Através de Rodrigo, Lispector nos mostra como a arte pode ser uma forma de confrontar a realidade e de buscar um sentido para a vida.

For more information, please click the button below.

3. Qual é a linguagem utilizada por Clarice Lispector em A Hora da Estrela?

Clarice Lispector utiliza uma linguagem poética e filosófica em A Hora da Estrela. Ela utiliza metáforas e reflexões sobre a vida e a morte para explorar os sentimentos e as emoções de seus personagens. Seus diálogos são curtos e simples, mas cheios de significado e profundidade. Através de sua escrita, Lispector nos leva a refletir sobre a condição humana e sobre o sentido da vida.

Related video of resenha do livro a hora da estrela

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait