Quem Teve A Ideia De Cortar O Tempo Em Fatias?

Reza August 13, 2022
Pin em quotes

A frase “quem teve a ideia de cortar o tempo em fatias” é o primeiro verso do poema “A arte de viver”, escrito pelo poeta brasileiro Carlos Drummond de Andrade. O poema foi publicado pela primeira vez em 1958, no livro “Viola de Bolso”.

Quem foi Carlos Drummond de Andrade?

Carlos Drummond de Andrade (1902-1987) foi um dos mais importantes poetas brasileiros do século XX. Nasceu em Minas Gerais e estudou farmácia, mas nunca exerceu a profissão. Em vez disso, dedicou-se à literatura, escrevendo poesia, crônicas e contos.

Drummond de Andrade foi um dos fundadores do modernismo brasileiro e um dos principais representantes da segunda geração modernista, ao lado de escritores como João Cabral de Melo Neto e Clarice Lispector. Sua obra é marcada pela linguagem simples e direta, pela observação cuidadosa do cotidiano e pela ironia.

O que significa “cortar o tempo em fatias”?

A expressão “cortar o tempo em fatias” é uma metáfora para a forma como as pessoas lidam com o tempo em suas vidas. Assim como cortamos um bolo em pedaços para poder comê-lo aos poucos, também dividimos o tempo em pequenos intervalos para poder realizar nossas atividades diárias.

Essa metáfora sugere que o tempo é um recurso finito e que devemos usá-lo com sabedoria, escolhendo cuidadosamente como vamos dividi-lo entre nossas diversas tarefas e responsabilidades. Ao mesmo tempo, a expressão também pode ser interpretada como uma crítica à forma como as pessoas se tornam escravas do relógio e da rotina, perdendo a capacidade de desfrutar o momento presente e vivendo apenas para cumprir obrigações.

Qual é o significado do poema “A arte de viver”?

O poema “A arte de viver” é uma reflexão sobre a vida e a forma como as pessoas lidam com o tempo. Nele, Drummond de Andrade questiona a obsessão da sociedade moderna pelo progresso e pela eficiência, que muitas vezes leva as pessoas a se tornarem “máquinas do tempo” e a perderem a capacidade de aproveitar o presente.

For more information, please click the button below.

O poema sugere que a verdadeira arte de viver está em saber equilibrar o tempo e as atividades, dando importância tanto aos momentos de trabalho quanto aos momentos de lazer e contemplação. Para isso, é necessário ter consciência da finitude da vida e do tempo, e buscar viver cada momento intensamente, sem se prender a padrões ou expectativas externas.

Qual é a importância de Carlos Drummond de Andrade para a literatura brasileira?

Carlos Drummond de Andrade é considerado um dos maiores poetas da literatura brasileira e uma figura fundamental no movimento modernista. Sua obra influenciou profundamente a poesia brasileira e ajudou a renovar a linguagem e as formas poéticas no país.

Drummond de Andrade foi um poeta versátil e inovador, capaz de transitar entre diversos temas e estilos sem perder a identidade. Sua obra é marcada pela simplicidade da linguagem, pela sensibilidade às questões sociais e políticas e pela ironia e humor que permeiam seus versos.

Além de sua obra poética, Drummond de Andrade também escreveu crônicas e contos, que revelam seu talento para a prosa e sua habilidade em retratar o cotidiano e as relações humanas de forma realista e sensível.

Conclusão

O poema “A arte de viver” e a frase “quem teve a ideia de cortar o tempo em fatias” são exemplos da genialidade e da originalidade de Carlos Drummond de Andrade como poeta e pensador. Suas reflexões sobre a vida, o tempo e a sociedade continuam a ser relevantes e inspiradoras para os leitores de hoje, e sua obra permanece como um tesouro da literatura brasileira.

FAQs

1. O que é o modernismo brasileiro?

O modernismo brasileiro foi um movimento artístico e literário que surgiu no Brasil na década de 1920. Influenciado pelas vanguardas europeias, o modernismo brasileiro propunha uma ruptura com as formas tradicionais de fazer arte e literatura, buscando uma linguagem mais livre, experimental e próxima da realidade brasileira.

2. Em que contexto histórico e cultural surgiu o poema “A arte de viver”?

O poema “A arte de viver” foi escrito por Carlos Drummond de Andrade em 1958, em um período de grande transformação social e política no Brasil. Na época, o país passava por um intenso processo de urbanização e industrialização, que trazia consigo novas formas de trabalho, lazer e consumo.

O poema reflete essa realidade e questiona os valores e as prioridades da sociedade moderna, que muitas vezes se baseiam no culto ao progresso e à eficiência em detrimento da qualidade de vida e do bem-estar humano.

3. Qual é a importância da poesia de Carlos Drummond de Andrade para a cultura brasileira?

A poesia de Carlos Drummond de Andrade é considerada uma das mais importantes da literatura brasileira e exerceu grande influência sobre a produção poética posterior. Sua obra é marcada pela originalidade, pela profundidade e pela capacidade de retratar a realidade brasileira de forma sensível e crítica.

Além disso, Drummond de Andrade foi um poeta engajado socialmente, que se preocupou com as questões políticas e sociais do seu tempo. Sua poesia é um testemunho da história do Brasil e da luta por uma sociedade mais justa e igualitária.

Related video of quem teve a ideia de cortar o tempo em fatias

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait