Quem Destruiu O Templo De Salomão

Reza March 1, 2022
Artista "implode" Templo de Salomão e questiona "nova Jerusalém" no

O templo de Salomão, também conhecido como o primeiro templo, foi destruído em 587 a.C. por Nabucodonosor II, rei da Babilônia. O templo foi construído por Salomão, filho de Davi, no século X a.C. e servia como o centro da religião judaica e o local onde ocorriam os sacrifícios e rituais sagrados.

A história do templo de Salomão

Salomão construiu o templo em Jerusalém como um lugar para abrigar a Arca da Aliança, um objeto sagrado que continha as tábuas dos Dez Mandamentos. O templo era um edifício imponente, coberto de ouro e adornado com pedras preciosas.

O templo de Salomão foi destruído pela primeira vez em 586 a.C. pelos babilônios durante o reinado de Zedequias, o último rei de Judá. Os babilônios destruíram o templo e levaram a Arca da Aliança e outros objetos sagrados para a Babilônia.

Após a conquista da Babilônia pelos persas em 539 a.C., o rei persa Ciro II permitiu que os judeus retornassem a Jerusalém e reconstruíssem o templo. O segundo templo foi construído no mesmo local do primeiro e foi concluído em 516 a.C.

O segundo templo foi reformado e expandido várias vezes ao longo dos séculos, mas foi novamente destruído pelos romanos em 70 d.C. durante a Primeira Guerra Judaico-Romana.

Quem foi Nabucodonosor II

Nabucodonosor II foi o rei da Babilônia de 605 a.C. a 562 a.C. Ele é mais conhecido por sua conquista de Jerusalém em 587 a.C., que resultou na destruição do templo de Salomão e no exílio de muitos judeus para a Babilônia.

For more information, please click the button below.

Nabucodonosor II é considerado um dos maiores conquistadores da história antiga. Ele conquistou a Síria, a Fenícia, o Egito e outras regiões do Oriente Médio e construiu a cidade de Babilônia em uma das maiores e mais impressionantes cidades do mundo antigo.

Por que Nabucodonosor II destruiu o templo de Salomão

As razões exatas pelas quais Nabucodonosor II destruiu o templo de Salomão não são claras. No entanto, os historiadores acreditam que havia várias razões pelas quais ele teria feito isso:

  • Jerusalém era um importante centro religioso e político na região e sua conquista seria um grande golpe para os judeus e seus aliados.
  • O templo de Salomão era um símbolo do poder e da riqueza dos judeus e sua destruição enviaria uma mensagem clara sobre quem estava no controle.
  • Nabucodonosor II pode ter visto a conquista de Jerusalém como um passo importante em sua campanha para conquistar o Egito.

Conclusão

O templo de Salomão foi um importante centro religioso para os judeus por muitos séculos. Sua destruição pelas mãos de Nabucodonosor II foi um grande golpe para a religião e a cultura judaicas e resultou no exílio de muitos judeus para a Babilônia. No entanto, os judeus perseveraram e reconstruíram o templo em Jerusalém várias vezes ao longo dos séculos, mostrando sua resiliência e devoção à sua religião e cultura.

FAQs

1. O templo de Salomão foi reconstruído após sua destruição?

Sim, o templo de Salomão foi reconstruído em Jerusalém após sua destruição pelos babilônios. O segundo templo foi construído no mesmo local e serviu como o centro da religião judaica até sua destruição pelos romanos em 70 d.C.

2. Onde está a Arca da Aliança agora?

Não se sabe com certeza onde está a Arca da Aliança atualmente. Alguns acreditam que ela foi destruída durante a conquista de Jerusalém pelos babilônios, enquanto outros acreditam que ela foi levada para a Etiópia ou escondida em algum lugar em Israel.

3. Qual foi o impacto da destruição do templo de Salomão na religião judaica?

A destruição do templo de Salomão foi um grande golpe para a religião judaica e resultou no exílio de muitos judeus para a Babilônia. No entanto, os judeus perseveraram e reconstruíram o templo em Jerusalém várias vezes ao longo dos séculos, mostrando sua resiliência e devoção à sua religião e cultura.

Related video of quem destruiu o templo de salomao

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait