Quem Com Porcos Se Mistura

Reza June 5, 2022
Pin em Monge Rosacruz. Hermetismo. Esoterismo. Cabala. Caciano Camilo

O ditado popular “quem com porcos se mistura, farelo come” é utilizado para alertar as pessoas sobre a importância de escolher bem com quem se relacionam, pois as más companhias podem levar a consequências negativas para a vida de uma pessoa.

Origem do ditado

A origem do ditado é incerta, mas há algumas teorias. Uma delas é que ele foi criado a partir de um fato histórico ocorrido na França, no século XVIII. Durante uma revolta popular, os camponeses invadiram a casa de um nobre e o jogaram aos porcos. A partir daí, teria surgido a expressão “quem com porcos se mistura, farelo come”.

Outra teoria é que o ditado tem origem religiosa, e está relacionado com a Bíblia. Em Provérbios 23:20-21, há a seguinte passagem: “Não ande com os que se entregam à bebida forte, nem com os que comem demais. Pois os beberrões e os glutões acabam na pobreza, e a sonolência os veste de trapos”. A partir dessa passagem, teria surgido a expressão “quem com porcos se mistura, farelo come”.

Significado do ditado

O ditado “quem com porcos se mistura, farelo come” significa que as pessoas devem escolher bem com quem se relacionam, pois as más companhias podem levar a consequências negativas para a vida de uma pessoa. Assim como o farelo que é consumido pelos porcos, aqueles que se misturam com pessoas de má índole podem acabar se envolvendo em situações desagradáveis e prejudiciais.

Além disso, o ditado também indica que as pessoas devem ter cuidado com a sua reputação. Ao se associar com pessoas de má conduta, é possível que a reputação de uma pessoa também seja prejudicada.

Exemplos de aplicação do ditado

Algumas situações em que o ditado “quem com porcos se mistura, farelo come” pode ser aplicado são:

For more information, please click the button below.
  • Um adolescente que começa a se envolver com colegas que usam drogas e bebem em excesso, correndo o risco de se envolver em situações perigosas e prejudicar seu futuro.
  • Uma pessoa que se envolve com um parceiro que tem comportamentos abusivos e violentos, colocando em risco sua integridade física e emocional.
  • Um profissional que se associa com colegas que não cumprem as normas éticas da profissão, arriscando sua reputação e credibilidade.

Conclusão

O ditado popular “quem com porcos se mistura, farelo come” é uma expressão que alerta as pessoas sobre a importância de escolher bem com quem se relacionam. Ao se associar com pessoas de má índole, é possível correr o risco de se envolver em situações desagradáveis e prejudicar a vida pessoal e profissional. Por isso, é fundamental que as pessoas escolham com cuidado as suas companhias e se associem apenas com aqueles que possuem valores e comportamentos positivos.

FAQs

1. Qual é a origem do ditado “quem com porcos se mistura, farelo come”?

A origem do ditado é incerta, mas há algumas teorias. Uma delas é que ele foi criado a partir de um fato histórico ocorrido na França, no século XVIII. Durante uma revolta popular, os camponeses invadiram a casa de um nobre e o jogaram aos porcos. A partir daí, teria surgido a expressão “quem com porcos se mistura, farelo come”. Outra teoria é que o ditado tem origem religiosa, e está relacionado com a Bíblia.

2. Qual é o significado do ditado “quem com porcos se mistura, farelo come”?

O ditado “quem com porcos se mistura, farelo come” significa que as pessoas devem escolher bem com quem se relacionam, pois as más companhias podem levar a consequências negativas para a vida de uma pessoa. Assim como o farelo que é consumido pelos porcos, aqueles que se misturam com pessoas de má índole podem acabar se envolvendo em situações desagradáveis e prejudiciais.

3. Em que situações o ditado “quem com porcos se mistura, farelo come” pode ser aplicado?

O ditado pode ser aplicado em diversas situações, como em relacionamentos pessoais e profissionais. Por exemplo, um adolescente que começa a se envolver com colegas que usam drogas e bebem em excesso, correndo o risco de se envolver em situações perigosas e prejudicar seu futuro. Ou um profissional que se associa com colegas que não cumprem as normas éticas da profissão, arriscando sua reputação e credibilidade.

Related video of quem com porcos se mistura

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait