O Que Sócrates Justifica Nesse Trecho Da Obra?

Reza October 15, 2021
o que Sócrates justifica nesse trecho?

Introdução

A obra em questão é “Apologia de Sócrates”, escrita pelo filósofo Platão, na qual Sócrates, o protagonista, defende-se perante a acusação de corromper a juventude e não acreditar nos deuses atenienses. Ao longo da Apologia, Sócrates explica sua filosofia, sua relação com os deuses e sua missão na vida. Nesse contexto, há um trecho específico em que Sócrates justifica suas ações e crenças.

Desenvolvimento

O trecho em questão ocorre quando Sócrates questiona Meleto, um dos acusadores, sobre a natureza de sua acusação. Meleto afirma que Sócrates corrompe a juventude propositadamente, mas não consegue explicar como isso acontece. Sócrates, então, faz uma série de perguntas a Meleto, tentando entender o que exatamente ele quer dizer. Em seguida, Sócrates faz sua justificativa: “Se eu corrompesse alguém, seria alguém que vivesse em minha companhia dia e noite; porque, se, como dizeis, eu corrompo a juventude, isso seria necessariamente em conversa íntima, quando estamos sós. E, no entanto, Meleto, nenhum de nós, que me conhece, jamais me viu conversando em particular. E eu mesmo, se alguma vez converso com jovens, converso sempre em público. Ora, como poderia alguém ser corrompido por mim em conversa que não é particular?” (Apologia de Sócrates, 24c-d) Sócrates justifica, portanto, que não pode ter corrompido a juventude, pois nunca teve conversas privadas com jovens. Ele sempre conversa em público e suas discussões são abertas para todos. Além disso, Sócrates argumenta que não pode ensinar algo que ele mesmo não sabe ou não acredita. Ele questiona a própria acusação de não acreditar nos deuses atenienses, afirmando que sempre buscou a verdade e que a verdade é a única coisa que importa. Sócrates também justifica sua filosofia em relação à sua missão na vida. Ele afirma que foi enviado por Apolo para questionar a sabedoria dos homens e encorajá-los a buscar a verdade. Sócrates acredita que a verdade é a chave para a felicidade e que é preciso buscar o conhecimento para alcançá-la. Ele argumenta que a filosofia é uma busca constante pela verdade e que essa busca é necessária para a evolução do ser humano.

Conclusão

Nesse trecho da obra, Sócrates justifica suas ações e crenças perante a acusação de corromper a juventude e não acreditar nos deuses atenienses. Ele argumenta que não pode ter corrompido a juventude, pois nunca teve conversas privadas com jovens e sempre conversou em público. Além disso, Sócrates defende sua filosofia, afirmando que ela é uma busca constante pela verdade e que essa busca é necessária para a evolução do ser humano.

FAQs

1. Qual é a importância desse trecho da obra?

Esse trecho da obra é importante porque mostra como Sócrates defende suas crenças e ações perante a acusação de corromper a juventude e não acreditar nos deuses atenienses. Ele argumenta de forma lógica e coerente, mostrando que suas ações não correspondem à acusação.

2. Por que Sócrates acredita que a filosofia é importante para a evolução do ser humano?

Sócrates acredita que a filosofia é importante para a evolução do ser humano porque ela é uma busca constante pela verdade. Segundo ele, a verdade é a chave para a felicidade e é preciso buscar conhecimento para alcançá-la. Além disso, a filosofia incentiva o questionamento e o pensamento crítico, o que é fundamental para o desenvolvimento humano.

3. Qual é a relação entre Sócrates e Apolo?

Segundo a Apologia de Sócrates, Sócrates foi enviado por Apolo para questionar a sabedoria dos homens e encorajá-los a buscar a verdade. Apolo é um dos deuses do panteão grego e é conhecido por ser o deus da música, da poesia e da verdade. Sócrates acreditava que sua missão na vida era buscar a verdade e incentivar os outros a fazerem o mesmo, o que está em sintonia com a visão de Apolo.

For more information, please click the button below.

Related video of o que sócrates justifica nesse trecho da obra

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait