O Que É A Manobra De Valsalva?

Reza February 15, 2023
Educación Física V Maniobra de valsalva

A manobra de Valsalva é uma técnica que consiste em fazer uma expiração forçada contra uma glote fechada. Ela recebe esse nome em homenagem ao anatomista e fisiologista italiano Anton Maria Valsalva, que a descreveu pela primeira vez durante o século XVII.

A manobra de Valsalva é frequentemente utilizada em exames clínicos, como na avaliação da função cardiovascular e respiratória, e também em atividades esportivas, como no levantamento de peso ou em exercícios de apneia. Ela pode ser feita de diversas formas, como pela expiração forçada contra uma boca fechada, pela expiração forçada contra um esfigmomanômetro ou pela expiração forçada contra as narinas fechadas.

Como a manobra de Valsalva funciona?

A manobra de Valsalva age principalmente sobre o sistema nervoso autônomo, que é responsável por controlar funções involuntárias do organismo, como a frequência cardíaca, a pressão arterial e a respiração. Quando a pessoa realiza a manobra, ela aumenta a pressão intra-abdominal e torácica, o que aumenta a resistência ao fluxo sanguíneo e diminui a frequência cardíaca.

Além disso, a manobra de Valsalva também pode afetar o sistema vestibular, que é responsável pelo equilíbrio e pela orientação espacial. Isso ocorre porque a manobra pode aumentar a pressão intracraniana, o que pode afetar a circulação de líquido cefalorraquidiano no cérebro e alterar a percepção de equilíbrio.

Quais são as indicações da manobra de Valsalva?

A manobra de Valsalva pode ser indicada em diversas situações clínicas e esportivas. Algumas das principais indicações incluem:

  • Avaliação da função cardiovascular e respiratória;
  • Diagnóstico de doenças cardíacas, como o sopro cardíaco;
  • Avaliação da função pulmonar, como no teste de função pulmonar;
  • Tratamento de arritmias cardíacas, como a taquicardia supraventricular paroxística;
  • Prevenção de desmaios em pacientes com síncope vasovagal;
  • Ativação do reflexo de mergulho em atividades de apneia;
  • Estabilização da pressão intra-abdominal em atividades de levantamento de peso.

Quais são os riscos da manobra de Valsalva?

Embora a manobra de Valsalva seja uma técnica segura quando realizada corretamente, ela pode apresentar alguns riscos em determinadas situações. Alguns dos principais riscos incluem:

For more information, please click the button below.
  • Aumento da pressão intraocular, o que pode levar a lesões na retina;
  • Aumento da pressão intracraniana, o que pode levar a lesões cerebrais, principalmente em pacientes com doenças neurológicas pré-existentes;
  • Aumento da pressão arterial, o que pode levar a complicações cardiovasculares em pacientes com hipertensão arterial não controlada;
  • Hipoxemia, que é a diminuição da concentração de oxigênio no sangue, principalmente em pacientes com doenças pulmonares obstrutivas crônicas.

Como realizar a manobra de Valsalva?

A maneira correta de realizar a manobra de Valsalva varia de acordo com a finalidade da técnica e deve ser orientada por um profissional de saúde. No entanto, de forma geral, a técnica pode ser realizada da seguinte maneira:

  1. Expire profundamente e prenda a respiração;
  2. Feche a boca e pressione as narinas com os dedos, se necessário;
  3. Force o ar para fora dos pulmões, como se estivesse tentando tossir ou defecar;
  4. Mantenha a pressão por alguns segundos e depois relaxe a respiração.

Quando evitar a manobra de Valsalva?

A manobra de Valsalva deve ser evitada em determinadas situações clínicas, como em pacientes com hipertensão arterial não controlada, doenças cardíacas graves, doenças neurológicas pré-existentes ou doenças pulmonares obstrutivas crônicas. Além disso, a técnica também deve ser evitada em atividades esportivas de alto risco, como no mergulho livre, para evitar complicações graves, como o barotrauma.

Conclusão

A manobra de Valsalva é uma técnica simples e eficaz que pode ser utilizada em diversas situações clínicas e esportivas. No entanto, é importante lembrar que a técnica apresenta alguns riscos e deve ser realizada apenas sob orientação de um profissional de saúde. Além disso, é fundamental respeitar as contraindicações da técnica para evitar complicações graves.

FAQs

1. A manobra de Valsalva pode ser feita em casa?

A manobra de Valsalva deve ser realizada apenas sob orientação de um profissional de saúde, especialmente em situações clínicas. Em atividades esportivas, a técnica pode ser realizada com segurança desde que sejam respeitadas as contraindicações e os limites do organismo.

2. Quais são os sinais de complicações durante a manobra de Valsalva?

Alguns dos principais sinais de complicações durante a manobra de Valsalva incluem dor de cabeça intensa, visão turva, tontura, desmaio, palpitações e falta de ar.

3. A manobra de Valsalva é segura para todas as pessoas?

Não. A manobra de Valsalva apresenta contraindicações em determinadas situações clínicas, como em pacientes com hipertensão arterial não controlada, doenças cardíacas graves, doenças neurológicas pré-existentes ou doenças pulmonares obstrutivas crônicas. Além disso, a técnica também deve ser evitada em atividades esportivas de alto risco, como no mergulho livre, para evitar complicações graves, como o barotrauma.

Related video of o que é a manobra de valsalva

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait