O Átomo De Rutherford 1911 Foi Comparado Ao Sistema Planetário

Reza November 8, 2021
model of the atom by Ernest Rutherford Stock Vector Image by

Em 1911, o físico neozelandês Ernest Rutherford realizou um experimento que mudou a forma como as pessoas pensavam sobre a estrutura do átomo. Na época, acreditava-se que o átomo era uma esfera uniforme, sem qualquer estrutura interna. No entanto, Rutherford e sua equipe descobriram que o átomo tinha um núcleo muito pequeno e denso no centro, cercado por elétrons em órbita. Essa descoberta levou a uma nova comparação entre o átomo e o sistema planetário, onde o núcleo do átomo é comparado ao sol e os elétrons em órbita são comparados aos planetas.

Experimento de Rutherford

O experimento de Rutherford, também conhecido como experimento de dispersão de partículas, consistiu em disparar partículas alfa (núcleos de hélio) em uma fina folha de ouro. Rutherford esperava que as partículas alfa passassem diretamente pela folha ou fossem desviadas levemente. No entanto, ele descobriu que algumas partículas alfa foram desviadas em ângulos muito grandes e até mesmo refletidas de volta na direção de onde vieram.

Essa descoberta foi surpreendente porque sugeria que a folha de ouro não era uniforme, como se pensava anteriormente, mas continha pequenas regiões de carga positiva concentrada que podiam desviar as partículas alfa. Rutherford concluiu que essas regiões positivas eram o núcleo do átomo e que a maioria do átomo era composta por espaço vazio, com elétrons em órbita ao redor do núcleo.

Comparação com o sistema planetário

A descoberta do núcleo do átomo levou a uma nova comparação entre o átomo e o sistema planetário. Assim como o sol é o centro do sistema planetário, o núcleo do átomo é o centro do átomo. Da mesma forma, assim como os planetas orbitam o sol em órbitas elípticas, os elétrons orbitam o núcleo do átomo em órbitas elípticas.

No entanto, há algumas diferenças importantes entre o sistema planetário e o átomo. Enquanto os planetas são separados por espaços vazios e não há forças eletromagnéticas significativas entre eles, os elétrons em órbita estão sempre interagindo com o núcleo do átomo através de forças eletromagnéticas. Além disso, os elétrons em órbita não seguem caminhos bem definidos, como os planetas, mas são descritos por funções de onda que indicam a probabilidade de encontrar um elétron em qualquer posição em torno do núcleo.

Impacto na física

A descoberta do núcleo do átomo e a comparação com o sistema planetário tiveram um grande impacto na física. Antes da descoberta de Rutherford, os cientistas acreditavam que o átomo era uma esfera uniforme, sem qualquer estrutura interna. A descoberta do núcleo do átomo mostrou que o átomo tinha uma estrutura interna complexa e levou a um maior entendimento da natureza da matéria.

For more information, please click the button below.

Além disso, a descoberta do núcleo do átomo levou ao desenvolvimento da física nuclear e ao uso da energia nuclear para fins práticos. Nos anos seguintes à descoberta de Rutherford, os cientistas descobriram outras partículas subatômicas, como prótons e nêutrons, que compõem o núcleo do átomo. Essas descobertas levaram ao desenvolvimento da física nuclear e ao uso da energia nuclear para gerar eletricidade e para fins militares.

Conclusão

O experimento de Rutherford de 1911 foi um marco na história da física. A descoberta do núcleo do átomo e a comparação com o sistema planetário mudaram a forma como as pessoas pensavam sobre a estrutura do átomo e levaram a um maior entendimento da natureza da matéria. Além disso, a descoberta do núcleo do átomo levou ao desenvolvimento da física nuclear e ao uso da energia nuclear para fins práticos.

FAQs

1. Como o experimento de Rutherford mudou a forma como as pessoas pensavam sobre a estrutura do átomo?

Antes do experimento de Rutherford, acreditava-se que o átomo era uma esfera uniforme, sem qualquer estrutura interna. No entanto, o experimento de Rutherford mostrou que o átomo tinha um núcleo muito pequeno e denso no centro, cercado por elétrons em órbita. Isso mudou a forma como as pessoas pensavam sobre a estrutura do átomo e levou a um maior entendimento da natureza da matéria.

2. Como a descoberta do núcleo do átomo levou ao desenvolvimento da física nuclear?

Após a descoberta do núcleo do átomo, os cientistas descobriram outras partículas subatômicas, como prótons e nêutrons, que compõem o núcleo do átomo. Essas descobertas levaram ao desenvolvimento da física nuclear, que estuda a estrutura e o comportamento do núcleo do átomo. A física nuclear tem muitas aplicações práticas, como a geração de energia nuclear e a medicina nuclear.

3. Como os elétrons em órbita são descritos na teoria quântica?

Na teoria quântica, os elétrons em órbita não seguem caminhos bem definidos, como os planetas, mas são descritos por funções de onda que indicam a probabilidade de encontrar um elétron em qualquer posição em torno do núcleo. Essas funções de onda são chamadas de orbitais e são descritas matematicamente pela equação de onda de Schrödinger.

Related video of o átomo de rutherford 1911 foi comparado ao sistema planetário

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait