Nutrição Enteral E Parenteral Diferença

Reza July 28, 2021
Resultado de imagem para diferença de dieta enteral e parenteral

A nutrição enteral e parenteral são duas formas de fornecer nutrientes para pacientes que não conseguem se alimentar de forma adequada. A nutrição enteral envolve a administração de alimentos diretamente no trato gastrointestinal, enquanto a nutrição parenteral é uma técnica que utiliza uma veia para fornecer nutrientes diretamente na corrente sanguínea.

Nutrição Enteral

A nutrição enteral é uma técnica de alimentação que envolve a administração de alimentos diretamente no trato gastrointestinal. Este método é usado quando o paciente é capaz de digerir e absorver nutrientes, mas não pode fazê-lo por via oral. A nutrição enteral é administrada através de um tubo de alimentação que é colocado no estômago ou no intestino delgado.

A nutrição enteral é usada em pacientes que podem ter problemas com a ingestão oral de alimentos, como em casos de cirurgia do trato gastrointestinal, obstrução intestinal, doença de Crohn, colite ulcerativa, entre outras. A nutrição enteral também pode ser usada em pacientes com distúrbios metabólicos ou doenças neurológicas, como a doença de Parkinson ou a esclerose múltipla.

Existem vários tipos de nutrição enteral, incluindo fórmulas líquidas e pastosas, que contêm todos os nutrientes necessários para a nutrição adequada do paciente. A nutrição enteral também pode ser personalizada para atender às necessidades específicas do paciente.

Nutrição Parenteral

A nutrição parenteral é uma técnica de alimentação que envolve a administração de nutrientes diretamente na corrente sanguínea através de uma veia. Este método é usado quando o paciente não pode digerir ou absorver nutrientes pelo trato gastrointestinal. A nutrição parenteral é administrada através de um cateter inserido em uma veia, geralmente no braço ou na perna.

A nutrição parenteral é usada em pacientes com doenças graves do trato gastrointestinal, como a doença inflamatória intestinal, ou pacientes que foram submetidos a cirurgia gastrointestinal e não podem absorver nutrientes adequadamente. A nutrição parenteral também é usada em pacientes com câncer, que podem não conseguir obter nutrientes suficientes devido aos efeitos colaterais da quimioterapia e da radioterapia.

For more information, please click the button below.

As fórmulas de nutrição parenteral são preparadas por farmacêuticos especializados e contêm uma mistura de nutrientes, incluindo carboidratos, proteínas, gorduras, vitaminas e minerais. A nutrição parenteral é personalizada para atender às necessidades específicas do paciente e é monitorada de perto para evitar complicações.

Diferenças entre Nutrição Enteral e Parenteral

Embora a nutrição enteral e parenteral sejam usadas para fornecer nutrientes aos pacientes que não conseguem se alimentar de forma adequada, existem algumas diferenças importantes entre as duas técnicas.

Algumas das principais diferenças entre a nutrição enteral e parenteral incluem:

  • A nutrição enteral é administrada no trato gastrointestinal, enquanto a nutrição parenteral é administrada diretamente na corrente sanguínea
  • A nutrição enteral é usada em pacientes que podem digerir e absorver nutrientes, enquanto a nutrição parenteral é usada em pacientes que não podem fazer isso
  • A nutrição enteral é administrada através de um tubo de alimentação que é colocado no estômago ou no intestino delgado, enquanto a nutrição parenteral é administrada através de um cateter inserido em uma veia
  • A nutrição enteral pode ser personalizada para atender às necessidades específicas do paciente, enquanto a nutrição parenteral é preparada por farmacêuticos especializados

Vantagens e Desvantagens de Nutrição Enteral e Parenteral

Existem vantagens e desvantagens em ambos os métodos de alimentação enteral e parenteral. A escolha entre os dois dependerá das necessidades específicas do paciente e da condição médica.

Algumas das vantagens e desvantagens da nutrição enteral incluem:

Vantagens da Nutrição Enteral

  • É uma forma natural de alimentação, o que pode ajudar a manter a integridade do trato gastrointestinal
  • Pode ser administrada em casa, o que pode ajudar a reduzir os custos hospitalares
  • Pode ajudar a melhorar a qualidade de vida do paciente
  • Pode ajudar a prevenir a desnutrição e a perda de massa muscular

Desvantagens da Nutrição Enteral

  • Pode levar a complicações, como obstrução intestinal ou pneumonia associada à aspiração
  • Pode ser desconfortável ou doloroso para o paciente, especialmente durante a inserção do tubo de alimentação
  • Pode não fornecer nutrientes suficientes para alguns pacientes, o que pode levar a desnutrição
  • Pode levar a intolerâncias alimentares ou rejeição do tubo de alimentação

Algumas das vantagens e desvantagens da nutrição parenteral incluem:

Vantagens da Nutrição Parenteral

  • Pode fornecer nutrientes diretamente na corrente sanguínea, o que pode ajudar a prevenir a desnutrição
  • Pode ser personalizada para atender às necessidades específicas do paciente
  • Pode ser usada em pacientes que não podem receber nutrição enteral
  • Pode ser usada em pacientes que não conseguem absorver nutrientes adequadamente pelo trato gastrointestinal

Desvantagens da Nutrição Parenteral

  • Pode levar a complicações, como infecções, coágulos sanguíneos ou distúrbios eletrolíticos
  • Pode não ser tão eficaz quanto a nutrição enteral na manutenção da integridade do trato gastrointestinal
  • Pode ser mais caro do que a nutrição enteral
  • Pode causar desconforto ou dor no local da inserção do cateter

Conclusão

Em resumo, a nutrição enteral e parenteral são duas técnicas de alimentação que são usadas para fornecer nutrientes a pacientes que não conseguem se alimentar adequadamente. A escolha entre as duas técnicas dependerá das necessidades específicas do paciente e da condição médica. Ambas as técnicas têm vantagens e desvantagens, e é importante discutir todas as opções com um médico ou nutricionista antes de tomar uma decisão.

FAQs

1. Qual é a diferença entre nutrição enteral e parenteral?

A nutrição enteral envolve a administração de alimentos diretamente no trato gastrointestinal, enquanto a nutrição parenteral é uma técnica que utiliza uma veia para fornecer nutrientes diretamente na corrente sanguínea.

2. Quais são as vantagens da nutrição enteral?

Algumas das vantagens da nutrição enteral incluem a melhoria da qualidade de vida do paciente, a prevenção da desnutrição e a capacidade de ser administrada em casa, o que pode ajudar a reduzir os custos hospitalares.

3. Quais são as desvantagens da nutrição parenteral?

Algumas das desvantagens da nutrição parenteral incluem a possibilidade de complicações, como infecções, coágulos sanguíneos ou distúrbios eletrolíticos, e o custo mais elevado em comparação com a nutrição enteral.

Related video of nutrição enteral e parenteral diferença

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait