Nova Canção Do Exílio Carlos Drummond De Andrade

Reza February 23, 2023
Carlos Drummond de Andrade

A “Nova Canção do Exílio” é um poema do escritor brasileiro Carlos Drummond de Andrade, escrito em 1978, que faz referência à sua saudade do país após ter vivido em Portugal por um tempo. Este poema é uma continuação da “Canção do Exílio”, de Gonçalves Dias, escrita em 1843, que é considerada um dos poemas mais importantes da literatura brasileira.

Contexto Histórico

Carlos Drummond de Andrade viveu em Portugal por um tempo durante o governo de Salazar, uma época de censura e repressão política. Nesse período, muitos escritores e artistas brasileiros foram forçados a deixar o país e viver no exílio. Drummond de Andrade, que já era um escritor reconhecido no Brasil, se viu em uma situação difícil e teve que se adaptar a uma nova cultura e língua. A “Nova Canção do Exílio” é uma reflexão sobre essa experiência.

Análise do Poema

O poema começa com uma referência à “Canção do Exílio” de Gonçalves Dias, mas logo se transforma em uma reflexão sobre a saudade e a sensação de não pertencer a nenhum lugar. Drummond de Andrade descreve a sua experiência de viver em Portugal como um estrangeiro e a sensação de estar sempre olhando para o Brasil de longe. Ele se sente deslocado e solitário em um país estrangeiro.

No segundo verso, o poeta menciona o “mar salgado”, uma referência ao Oceano Atlântico que separa o Brasil de Portugal. Ele descreve o mar como um “mar quebrado” e “mar sem fim”, sugerindo a impossibilidade de cruzar essa barreira natural e retornar ao Brasil. A imagem do mar é usada como uma metáfora para a distância e a saudade.

Na segunda estrofe, Drummond de Andrade fala sobre a saudade que sente do Brasil, descrevendo-o como um “país tropical” e “abençoado por Deus”. Ele sente falta do sol, das praias e da natureza exuberante do país. No entanto, ele também reconhece que o Brasil tem seus problemas e que nem tudo é perfeito. Ele menciona a “corrupção” e a “violência” como problemas que afetam o país.

Na terceira estrofe, o poeta reflete sobre a sua própria identidade e a sensação de não pertencer a nenhum lugar. Ele se pergunta se é brasileiro ou português e conclui que é “nenhum e todos”. Ele sente que a sua identidade é uma mistura de influências de ambos os países e que isso o torna único.

For more information, please click the button below.

No último verso, o poeta faz uma referência à “máquina do mundo”, uma imagem recorrente em sua obra. Ele sugere que a sua experiência de viver no exílio o fez perceber a complexidade e a fragilidade do mundo moderno. Ele se sente impotente diante das forças que governam o mundo, mas ainda assim mantém a esperança de que um dia poderá retornar ao Brasil.

Conclusão

A “Nova Canção do Exílio” é um poema que reflete a experiência de Carlos Drummond de Andrade de viver no exílio em Portugal. O poeta descreve a sua saudade do Brasil e a sensação de não pertencer a nenhum lugar. O poema é uma reflexão sobre a identidade e a complexidade do mundo moderno. Através da sua poesia, Drummond de Andrade nos convida a refletir sobre as nossas próprias experiências de pertencimento e saudade.

FAQs

Qual é a diferença entre a “Nova Canção do Exílio” e a “Canção do Exílio”?

A “Canção do Exílio” foi escrita por Gonçalves Dias em 1843 e é considerada um dos poemas mais importantes da literatura brasileira. O poema é uma reflexão sobre a saudade do Brasil e a sensação de pertencimento. Já a “Nova Canção do Exílio” foi escrita por Carlos Drummond de Andrade em 1978 e é uma continuação desse tema. O poema reflete a experiência do poeta de viver no exílio em Portugal e a sensação de deslocamento e saudade.

Por que Carlos Drummond de Andrade teve que viver no exílio?

Carlos Drummond de Andrade viveu em Portugal durante o governo de Salazar, uma época de censura e repressão política. Muitos escritores e artistas brasileiros foram forçados a deixar o país e viver no exílio nesse período. Drummond de Andrade, que já era um escritor reconhecido no Brasil, se viu em uma situação difícil e teve que se adaptar a uma nova cultura e língua.

Qual é a importância da “Nova Canção do Exílio” na obra de Carlos Drummond de Andrade?

A “Nova Canção do Exílio” é um dos poemas mais importantes da obra de Carlos Drummond de Andrade. O poema reflete a sua experiência de viver no exílio em Portugal e a sensação de deslocamento e saudade. Através da sua poesia, Drummond de Andrade nos convida a refletir sobre as nossas próprias experiências de pertencimento e saudade.

Related video of nova canção do exílio carlos drummond de andrade

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait