"Não Há Nenhum Outro Nome Pelo Qual Devamos Ser Salvos"

Reza July 15, 2022
Pin em Evangelização

A frase “Não há nenhum outro nome pelo qual devamos ser salvos” é uma afirmação bíblica que se encontra no livro dos Atos dos Apóstolos, capítulo 4, versículo 12. Ela é dita por Pedro, um dos discípulos de Jesus Cristo, após ele e João terem curado um homem aleijado na porta do templo em Jerusalém.

A frase é uma declaração de crença na salvação através de Jesus Cristo. Pedro afirma que não há outro nome além do de Jesus pelo qual possamos ser salvos. Para entender melhor o significado da frase, é importante examinar o contexto em que ela foi dita e a teologia subjacente à crença na salvação através de Jesus Cristo.

O contexto da frase

Para entender o contexto em que a frase foi dita, é necessário voltar um pouco no livro dos Atos dos Apóstolos. No capítulo 3, Pedro e João se dirigem ao templo em Jerusalém para orar. Na porta do templo, eles encontram um homem aleijado que pedia esmolas. Pedro, então, diz ao homem: “Não tenho prata nem ouro, mas o que tenho, isso te dou: em nome de Jesus Cristo, o Nazareno, levanta-te e anda” (Atos 3:6).

O homem é curado instantaneamente e começa a andar e pular. As pessoas que testemunham o milagre ficam maravilhadas e se aproximam de Pedro e João para saber como isso foi possível. Pedro então começa a pregar a eles, explicando que o milagre foi realizado pelo poder de Jesus Cristo, a quem eles haviam rejeitado e crucificado.

É nesse contexto que Pedro diz a famosa frase: “Não há nenhum outro nome pelo qual devamos ser salvos”. Ele está afirmando que a cura do homem aleijado foi possível apenas pelo poder de Jesus Cristo e que a salvação, também, só é possível através dele.

A teologia subjacente

Para entender melhor o significado da frase, é importante examinar a teologia subjacente à crença na salvação através de Jesus Cristo. A doutrina cristã afirma que a humanidade está separada de Deus por causa do pecado. O pecado é uma escolha deliberada de desobedecer a Deus e seguir nossos próprios interesses egoístas.

For more information, please click the button below.

Essa separação de Deus tem consequências eternas, que incluem a morte e o afastamento da presença de Deus. No entanto, Deus ama a humanidade e deseja que todos sejam salvos. Ele enviou Jesus Cristo ao mundo para pagar o preço pelo pecado e reconciliar a humanidade com ele.

Jesus Cristo é visto como o único caminho para a salvação porque ele é o único que pode nos reconciliar com Deus. Ele é a imagem visível de Deus e a encarnação do amor de Deus pela humanidade. Ao morrer na cruz, ele pagou o preço pelo pecado que a humanidade não poderia pagar e abriu o caminho para a salvação.

A afirmação de Pedro de que não há nenhum outro nome pelo qual devamos ser salvos está baseada nessa teologia. Ela afirma que a salvação é possível apenas através de Jesus Cristo porque ele é o único que pode nos reconciliar com Deus. Qualquer outra tentativa de alcançar a salvação sem Jesus Cristo é fútil.

Implicações práticas

A afirmação de Pedro tem implicações práticas para a vida cristã. Ela implica que os seguidores de Jesus Cristo devem colocar sua fé nele como o único caminho para a salvação. Isso significa que devemos confiar em Jesus Cristo como nosso salvador pessoal e colocar nossa confiança nele para nos reconciliar com Deus.

Isso também significa que devemos compartilhar a mensagem da salvação através de Jesus Cristo com outras pessoas. Pedro e João não apenas curaram o homem aleijado, mas também pregaram a mensagem da salvação para aqueles que testemunharam o milagre. Da mesma forma, os cristãos são chamados a ser testemunhas de Jesus Cristo e a compartilhar a mensagem da salvação com os outros.

Além disso, a afirmação de Pedro tem implicações para a maneira como vivemos nossas vidas. Se Jesus Cristo é o único caminho para a salvação, então devemos viver de acordo com seus ensinamentos e seguir seu exemplo. Isso inclui amar a Deus e ao próximo, perdoar os outros, ser compassivo e trabalhar pela justiça e pela paz.

Conclusão

A afirmação de Pedro de que não há nenhum outro nome pelo qual devamos ser salvos é uma afirmação central da teologia cristã. Ela afirma que a salvação é possível apenas através de Jesus Cristo porque ele é o único que pode nos reconciliar com Deus. Isso tem implicações práticas para a vida cristã, incluindo a necessidade de colocar nossa fé em Jesus Cristo, compartilhar a mensagem da salvação com os outros e viver de acordo com seus ensinamentos.

FAQs

1. É possível ser salvo sem acreditar em Jesus Cristo?

De acordo com a afirmação de Pedro, não é possível ser salvo sem acreditar em Jesus Cristo. A salvação é possível apenas através dele porque ele é o único que pode nos reconciliar com Deus. No entanto, a salvação é oferecida a todas as pessoas, independentemente de sua religião ou crenças. Cabe a cada indivíduo decidir se aceita ou não a oferta de salvação através de Jesus Cristo.

2. O que acontece com pessoas que nunca ouviram falar de Jesus Cristo?

A afirmação de Pedro de que não há nenhum outro nome pelo qual devamos ser salvos levanta a questão do destino das pessoas que nunca ouviram falar de Jesus Cristo. A teologia cristã afirma que Deus deseja que todas as pessoas sejam salvas e que ele é capaz de salvar as pessoas mesmo que elas nunca tenham ouvido falar de Jesus Cristo. No entanto, a Bíblia afirma que a salvação é possível apenas através de Jesus Cristo e que aqueles que o rejeitam estão perdidos.

3. Como posso saber se estou salvo?

De acordo com a afirmação de Pedro, a salvação é possível apenas através de Jesus Cristo. Se você colocou sua fé em Jesus Cristo como seu salvador pessoal, então pode ter a certeza da salvação. No entanto, a salvação também é um processo contínuo de crescimento espiritual e santificação. Isso significa que devemos continuar a aprender sobre Jesus Cristo e a seguir seus ensinamentos, buscando crescer em nossa relação com ele.

Related video of não há nenhum outro nome pelo qual devamos ser salvos

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait