Na Espécie Humana Um Exemplo Clássico De Polialelia

Reza June 12, 2021
Na Especie Humana Um Exemplo Classico De Polialelia Vários Exemplos

Introdução

A polialelia é um fenômeno genético que ocorre quando há mais de dois alelos diferentes para um gene dentro de uma população. Isso significa que, ao invés de apenas dois alelos (um herdado do pai e outro da mãe), existe uma variação maior de alelos para um gene específico, o que pode resultar em diferentes fenótipos. Na espécie humana, um exemplo clássico de polialelia é o sistema sanguíneo AB0.

Sistema sanguíneo AB0

O sistema sanguíneo AB0 é determinado por um gene localizado no cromossomo 9. Existem três alelos diferentes para esse gene: A, B e O. O alelo A produz uma glicoproteína chamada antígeno A na superfície das células vermelhas do sangue, o alelo B produz o antígeno B e o alelo O não produz nenhum antígeno. O tipo sanguíneo de uma pessoa é determinado pela combinação de alelos que ela herda dos seus pais. Uma pessoa pode herdar dois alelos iguais (homozigoto) ou dois alelos diferentes (heterozigoto). – Se uma pessoa herda dois alelos A, ela será do tipo sanguíneo A. – Se uma pessoa herda dois alelos B, ela será do tipo sanguíneo B. – Se uma pessoa herda um alelo A e um alelo B, ela será do tipo sanguíneo AB. – Se uma pessoa herda dois alelos O, ela será do tipo sanguíneo O.

Herança do sistema sanguíneo AB0

A herança do sistema sanguíneo AB0 segue um padrão de dominância incompleta e codominância. O alelo A é dominante sobre o alelo O e o alelo B é dominante sobre o alelo O, mas os alelos A e B são codominantes entre si. Isso significa que, se uma pessoa herda um alelo A e um alelo B, ela expressará ambos os antígenos A e B na superfície das células vermelhas do sangue. Um exemplo de como a herança do sistema sanguíneo AB0 funciona é o seguinte: – Se um pai com tipo sanguíneo A heterozigoto (AO) tem um filho com uma mãe com tipo sanguíneo B heterozigoto (BO), existem quatro possibilidades de combinação de alelos para o filho: AB, A, B e O. – O filho terá 50% de chance de herdar o alelo A do pai e 50% de chance de herdar o alelo B da mãe, resultando no tipo sanguíneo AB. – O filho terá 25% de chance de herdar o alelo A do pai e o alelo O da mãe, resultando no tipo sanguíneo A. – O filho terá 25% de chance de herdar o alelo B da mãe e o alelo O do pai, resultando no tipo sanguíneo B. – O filho terá 25% de chance de herdar o alelo O do pai e o alelo O da mãe, resultando no tipo sanguíneo O.

Outros exemplos de polialelia na espécie humana

Além do sistema sanguíneo AB0, existem outros exemplos de polialelia na espécie humana, como: – Sistema de antígenos HLA: o sistema de antígenos HLA é responsável por determinar a compatibilidade entre doador e receptor em transplantes de órgãos e tecidos. Existem centenas de alelos diferentes para os genes HLA, o que aumenta a chance de encontrar um doador compatível. – Cor dos olhos: a cor dos olhos é determinada por vários genes, incluindo o gene HERC2, que tem vários alelos diferentes. Isso explica por que existem várias cores de olhos diferentes, como azul, verde, castanho e cinza. – Cor do cabelo: assim como a cor dos olhos, a cor do cabelo é determinada por vários genes, incluindo o gene MC1R, que tem vários alelos diferentes. Isso explica por que existem várias cores de cabelo diferentes, como loiro, ruivo, castanho e preto.

Conclusão

A polialelia é um fenômeno genético que ocorre quando há mais de dois alelos diferentes para um gene dentro de uma população. Na espécie humana, um exemplo clássico de polialelia é o sistema sanguíneo AB0, que é determinado por três alelos diferentes e segue um padrão de dominância incompleta e codominância. Além disso, existem outros exemplos de polialelia na espécie humana, como o sistema de antígenos HLA, cor dos olhos e cor do cabelo.

FAQs

1. Como a polialelia pode afetar a saúde humana?

A polialelia pode afetar a saúde humana de várias maneiras, como aumentar a suscetibilidade a certas doenças ou condições de saúde. Por exemplo, certos alelos dos genes HLA estão associados a um maior risco de desenvolver doenças autoimunes, como esclerose múltipla e artrite reumatóide.

For more information, please click the button below.

2. O que é dominância incompleta?

A dominância incompleta é um padrão de herança genética em que um alelo não é completamente dominante sobre outro alelo. Isso significa que, quando um indivíduo heterozigoto para um gene com dominância incompleta é produzido, o fenótipo expresso é uma mistura dos fenótipos dos alelos presentes.

3. Como a polialelia pode ser útil na medicina?

A polialelia pode ser útil na medicina de várias maneiras, como ajudar a prever a suscetibilidade a certas doenças ou condições de saúde. Por exemplo, a análise dos alelos HLA pode ajudar a determinar a compatibilidade entre doador e receptor em transplantes de órgãos e tecidos. Além disso, o conhecimento dos alelos responsáveis pela cor dos olhos e do cabelo pode ser útil em investigações criminais.

Related video of na especie humana um exemplo classico de polialelia

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait