Métodos De Controle De Estoque

Reza January 21, 2022
PEPS, UEPS e MPM Entenda como funciona os métodos de controle de

O controle de estoque é uma das principais tarefas dentro de uma empresa, já que manter o equilíbrio entre a oferta e a demanda é fundamental para garantir a satisfação dos clientes e a saúde financeira do negócio. Para isso, é preciso adotar métodos eficientes de controle de estoque, que permitam monitorar o fluxo de entrada e saída de produtos, evitar perdas e desperdícios, e identificar oportunidades de melhorias.

O que é Controle de Estoque?

O controle de estoque é um processo que visa gerenciar a entrada, saída e movimentação de produtos em um determinado estabelecimento. Ele é responsável por garantir a disponibilidade de mercadorias para venda, evitar a falta ou excesso de produtos, minimizar os custos de armazenamento e transporte, e reduzir perdas e roubos.

Por que é importante fazer o Controle de Estoque?

O controle de estoque é importante porque permite que a empresa tenha uma visão clara e precisa do seu estoque, o que ajuda na tomada de decisões estratégicas. Além disso, ele permite que a empresa evite a falta de produtos, o que pode levar a insatisfação dos clientes e a perda de vendas, e também evite o excesso de produtos, que pode resultar em perda de dinheiro e espaço de armazenamento. Um bom controle de estoque também ajuda a reduzir os custos de armazenamento e transporte, além de prevenir perdas e roubos.

Quais são os Métodos de Controle de Estoque?

Existem vários métodos de controle de estoque, que variam de acordo com o tamanho, tipo e segmento da empresa. Abaixo, listamos os principais:

Método PEPS (Primeiro que Entra, Primeiro que Sai)

O método PEPS é um dos mais utilizados pelas empresas, principalmente as que trabalham com produtos perecíveis ou com data de validade. Ele consiste em dar prioridade aos produtos que entraram primeiro no estoque, ou seja, os que têm data de validade mais próxima são os primeiros a serem vendidos ou utilizados na produção.

Método UEPS (Último que Entra, Primeiro que Sai)

O método UEPS é o oposto do PEPS, ou seja, ele dá prioridade aos produtos que entraram por último no estoque. Esse método é indicado para empresas que trabalham com produtos não perecíveis e que não têm variação de qualidade ou validade.

For more information, please click the button below.

Método Média Ponderada

O método da média ponderada é utilizado para calcular o custo médio de cada produto em estoque. Ele consiste em multiplicar a quantidade de produtos pelo seu custo unitário, somar os resultados e dividir pelo total de produtos em estoque. Esse método é indicado para empresas que trabalham com produtos que têm variação de preço ou que compram em lotes.

Método Just in Time

O método Just in Time (JIT) é uma técnica japonesa que consiste em produzir ou adquirir os produtos apenas quando eles são realmente necessários, evitando assim a formação de estoques desnecessários. Esse método é indicado para empresas que trabalham com produtos personalizados ou com demanda instável.

Como escolher o Método de Controle de Estoque ideal para a minha empresa?

A escolha do método de controle de estoque ideal para a sua empresa depende de vários fatores, como o tamanho do estoque, o tipo de produto, a demanda, entre outros. Por isso, é importante avaliar as características da sua empresa e escolher o método que melhor se adapta a ela. É recomendado também contar com a ajuda de um profissional especializado em gestão de estoques, que poderá orientar na escolha do método mais adequado.

Quais são as vantagens de um bom Controle de Estoque?

Um bom controle de estoque traz diversas vantagens para a empresa, entre elas:

  • Garantia de disponibilidade de produtos para venda;
  • Redução de custos de armazenamento e transporte;
  • Identificação de oportunidades de melhorias;
  • Prevenção de perdas e roubos;
  • Redução de desperdícios;
  • Tomada de decisões estratégicas mais precisas.

Qual é o papel da tecnologia no Controle de Estoque?

A tecnologia tem um papel fundamental no controle de estoque, já que permite a automatização de processos, a integração de sistemas, a coleta de dados em tempo real e a geração de relatórios precisos. Algumas das ferramentas tecnológicas mais utilizadas para o controle de estoque são:

  • Sistemas de gestão integrada (ERPs);
  • Códigos de barras e leitores óticos;
  • Aplicativos de controle de estoque para dispositivos móveis;
  • Sistemas de monitoramento com sensores de movimento;
  • Sistemas de gestão de pedidos e entregas.

Conclusão

O controle de estoque é uma atividade fundamental para qualquer empresa que trabalha com produtos, e sua importância só aumenta com o crescimento do negócio. Para garantir um controle eficiente, é preciso adotar métodos adequados e contar com o apoio da tecnologia. Além disso, é importante ter uma equipe qualificada e treinada para a execução das tarefas relacionadas ao controle de estoque. Com essas medidas, é possível evitar problemas como a falta ou excesso de produtos, perdas e desperdícios, e garantir a satisfação dos clientes e o sucesso do negócio.

FAQs

1. Como faço para escolher o método de controle de estoque ideal para a minha empresa?

R: A escolha do método de controle de estoque ideal para a sua empresa depende de vários fatores, como o tamanho do estoque, o tipo de produto, a demanda, entre outros. Por isso, é importante avaliar as características da sua empresa e escolher o método que melhor se adapta a ela. É recomendado também contar com a ajuda de um profissional especializado em gestão de estoques, que poderá orientar na escolha do método mais adequado.

2. Como a tecnologia pode ajudar no controle de estoque?

R: A tecnologia tem um papel fundamental no controle de estoque, já que permite a automatização de processos, a integração de sistemas, a coleta de dados em tempo real e a geração de relatórios precisos. Algumas das ferramentas tecnológicas mais utilizadas para o controle de estoque são sistemas de gestão integrada (ERPs), códigos de barras e leitores óticos, aplicativos de controle de estoque para dispositivos móveis, sistemas de monitoramento com sensores de movimento, e sistemas de gestão de pedidos e entregas.

3. Por que é importante fazer o controle de estoque?

R: O controle de estoque é importante porque permite que a empresa tenha uma visão clara e precisa do seu estoque, o que ajuda na tomada de decisões estratégicas. Além disso, ele permite que a empresa evite a falta de produtos, o que pode levar a insatisfação dos clientes e a perda de vendas, e também evite o excesso de produtos, que pode resultar em perda de dinheiro e espaço de armazenamento. Um bom controle de estoque também ajuda a reduzir os custos de armazenamento e transporte, além de prevenir perdas e roubos.

Related video of metodos de controle de estoque

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait