Mapa Mental Memórias Póstumas De Brás Cubas

Reza April 27, 2022
Memórias Póstumas de Brás Cubas Mapas mentais, Enem, Livros fuvest

Introdução

Memórias Póstumas de Brás Cubas é um romance escrito por Machado de Assis, publicado em 1881. A obra é considerada uma das mais importantes da literatura brasileira, pela forma inovadora como é narrada e pela crítica social que apresenta. O livro é narrado em primeira pessoa, pelo protagonista Brás Cubas, que após morrer, decide escrever suas memórias. Neste artigo, será apresentado um mapa mental sobre a obra, destacando os principais personagens, temas e símbolos presentes na trama.

Personagens Principais

  • Brás Cubas: o protagonista da história, narrador das suas próprias memórias após a morte. É um homem rico e ocioso, que não trabalha e passa o tempo se divertindo e pensando sobre a vida.
  • Virgília: é a paixão de Brás Cubas, uma mulher casada com outro homem. Ele a ama profundamente e tenta conquistá-la de todas as formas.
  • Lobo Neves: é o marido de Virgília. É um político corrupto e ambicioso, que se envolve em diversos escândalos.
  • Mentor: amigo de Brás Cubas. É um homem culto e inteligente, que sempre aconselha o protagonista.

Temas Principais

  • Morte: o livro é narrado por um morto, que reflete sobre sua vida e o que deixou de fazer. A morte é um tema recorrente na obra, que questiona a existência e o sentido da vida.
  • Amor: Brás Cubas é obcecado por Virgília, que é casada com outro homem. O amor impossível é um dos temas principais do livro, que discute a natureza do sentimento amoroso.
  • Sociedade: o livro apresenta uma crítica social sobre a elite brasileira do século XIX. Os personagens são retratados como vazios, corruptos e egoístas.
  • Ironia: a obra é repleta de ironias e sarcasmos, que questionam a moralidade e a hipocrisia da sociedade brasileira.

Símbolos Principais

  • Pedra: a pedra é um símbolo recorrente na obra. É utilizada para representar a inércia e a falta de sentido da vida.
  • Relógio: o relógio é um símbolo da passagem do tempo e da morte. Brás Cubas sempre se refere ao tempo como um inimigo que o leva para a morte.
  • Borboleta: a borboleta é um símbolo da transformação e da efemeridade da vida. É utilizada para representar a beleza e a fragilidade do amor.

Conclusão

Memórias Póstumas de Brás Cubas é uma obra complexa e rica em simbolismos, que apresenta uma crítica social contundente sobre a elite brasileira do século XIX. Através da narração de um morto, a obra questiona a existência e o sentido da vida, o que a torna atemporal e universal. O mapa mental apresentado neste artigo pode auxiliar na compreensão dos principais personagens, temas e símbolos presentes na trama.

FAQs

1. Qual é a importância de Memórias Póstumas de Brás Cubas na literatura brasileira?

Memórias Póstumas de Brás Cubas é considerada uma das obras mais importantes da literatura brasileira, pela forma inovadora como é narrada e pela crítica social que apresenta. O livro é um marco na literatura realista e influenciou diversos autores brasileiros posteriores.

2. Qual é o papel da ironia na obra?

A ironia é um elemento fundamental em Memórias Póstumas de Brás Cubas, pois questiona a moralidade e a hipocrisia da sociedade brasileira do século XIX. Através da ironia, Machado de Assis apresenta uma crítica social contundente e desmistifica a visão idealizada da elite brasileira.

3. Por que a morte é um tema recorrente na obra?

A morte é um tema recorrente em Memórias Póstumas de Brás Cubas, pois a obra é narrada por um morto que reflete sobre sua vida e o que deixou de fazer. Através da reflexão sobre a morte, a obra questiona a existência e o sentido da vida, o que a torna atemporal e universal.

For more information, please click the button below.

Related video of mapa mental memórias póstumas de brás cubas

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait