Mapa Mental De Modelos Atômicos

Reza March 16, 2023
Mapa mental de Modelos Atômicos!! Apesar de ser um conteúdo simples

Um mapa mental é uma ferramenta visual que ajuda a organizar informações de forma hierárquica. Quando se trata de modelos atômicos, um mapa mental pode ser útil para entender a evolução do conhecimento sobre a estrutura dos átomos.

Modelos atômicos

A ideia de que a matéria é composta por pequenas partículas remonta à Grécia antiga, quando Demócrito propôs a existência de átomos indivisíveis. No entanto, foi somente no final do século XIX que começaram a ser feitas observações experimentais que permitiram a formulação de modelos mais precisos.

A seguir, serão apresentados alguns dos modelos atômicos mais importantes da história:

Modelo de Thomson

Em 1897, J.J. Thomson descobriu o elétron, uma partícula subatômica com carga negativa. Ele propôs que os elétrons estavam distribuídos uniformemente em uma esfera de carga positiva, como uvas em uma massa de pudim. Esse modelo ficou conhecido como modelo de pudim de passas.

Modelo de Rutherford

Em 1911, Ernest Rutherford conduziu um experimento que lançou luz sobre a estrutura do átomo. Ele bombardeou uma fina folha de ouro com partículas alfa e observou que algumas delas eram desviadas em ângulos inesperados. Isso só poderia ser explicado se a maior parte da massa do átomo estivesse concentrada em um núcleo denso e carregado positivamente.

Com base nesse resultado, Rutherford propôs um modelo atômico em que os elétrons orbitavam em torno do núcleo, como planetas em torno do sol. Esse modelo ficou conhecido como modelo planetário.

For more information, please click the button below.

Modelo de Bohr

Em 1913, Niels Bohr propôs uma modificação ao modelo de Rutherford. Ele sugeriu que os elétrons só podiam ocupar certos estados de energia, e que quando eles saltavam de um estado para outro, emitiam ou absorviam luz. Esse modelo ficou conhecido como modelo de Bohr.

O modelo de Bohr foi capaz de explicar muitas das propriedades dos átomos, como as linhas espectrais de hidrogênio. No entanto, ele não era capaz de explicar a estrutura de átomos maiores, que têm mais de um elétron.

Modelo atual

O modelo atual de átomo é baseado na mecânica quântica, uma teoria desenvolvida na primeira metade do século XX. Segundo a mecânica quântica, os elétrons não se movem em órbitas bem definidas, mas sim ocupam certas regiões de espaço chamadas orbitais.

Os orbitais têm formas complexas que dependem da energia dos elétrons e de outras propriedades. Além disso, a mecânica quântica permite que os elétrons tenham propriedades ondulatórias, o que significa que não é possível saber exatamente onde um elétron está em um dado momento.

Mapa mental de modelos atômicos

Para criar um mapa mental de modelos atômicos, é possível seguir a seguinte estrutura:

1. Átomo como esfera indivisível (Demócrito)

  • Átomo é a menor partícula da matéria
  • Átomos são indivisíveis e imutáveis

2. Modelo de pudim de passas (Thomson)

  • Átomo é uma esfera de carga positiva
  • Elétrons estão distribuídos uniformemente na esfera

3. Modelo planetário (Rutherford)

  • Átomo tem um núcleo denso e carregado positivamente
  • Elétrons orbitam em torno do núcleo

4. Modelo de Bohr

  • Elétrons só podem ocupar certos estados de energia
  • Quando elétrons saltam de um estado para outro, emitem ou absorvem luz

5. Modelo atual (mecânica quântica)

  • Elétrons não se movem em órbitas bem definidas
  • Elétrons ocupam certas regiões de espaço chamadas orbitais
  • Orbitais têm formas complexas que dependem da energia dos elétrons e de outras propriedades

Conclusão

Um mapa mental de modelos atômicos pode ser uma ferramenta útil para entender a evolução do conhecimento sobre a estrutura do átomo ao longo da história. Desde o modelo de esfera indivisível proposto por Demócrito até o modelo atual baseado na mecânica quântica, muitos cientistas contribuíram para a compreensão da natureza dos átomos.

FAQs

1. Qual foi o experimento de Rutherford que levou à descoberta do núcleo atômico?

Rutherford bombardeou uma fina folha de ouro com partículas alfa e observou que algumas delas eram desviadas em ângulos inesperados. Isso só poderia ser explicado se a maior parte da massa do átomo estivesse concentrada em um núcleo denso e carregado positivamente.

2. Por que o modelo de Bohr não é capaz de explicar a estrutura de átomos maiores?

O modelo de Bohr só funciona para átomos com um elétron, como o hidrogênio. Quando há mais de um elétron, a interação entre eles torna a situação muito mais complicada. Além disso, o modelo de Bohr não leva em conta a natureza ondulatória dos elétrons, o que é um aspecto importante da mecânica quântica.

3. O que são orbitais na mecânica quântica?

Os orbitais são certas regiões de espaço onde há uma alta probabilidade de encontrar um elétron em um dado momento. Eles têm formas complexas que dependem da energia dos elétrons e de outras propriedades. Além disso, a mecânica quântica permite que os elétrons tenham propriedades ondulatórias, o que significa que não é possível saber exatamente onde um elétron está em um dado momento.

Related video of mapa mental de modelos atomicos

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait