O Retrato De Dorian Gray: Uma Análise Do Filme

Reza February 4, 2022
Resenha (filme) O Retrato de Dorian Gray ..Dragonmountbooks..

Introdução

“O Retrato de Dorian Gray” é um romance de Oscar Wilde publicado em 1890 que conta a história de um jovem que vende sua alma em troca de beleza eterna. Em 1945, foi lançado um filme baseado no livro, dirigido por Albert Lewin e estrelado por Hurd Hatfield no papel principal. Neste artigo, faremos uma análise do filme e de como ele retrata a obra original de Wilde.

História

O filme começa com Dorian Gray, um jovem aristocrata, conhecendo o artista Basil Hallward. Basil fica fascinado com a beleza de Dorian e decide pintar um retrato dele. Enquanto posa para a pintura, Dorian conhece o amigo de Basil, Lord Henry Wotton, que o introduz a um estilo de vida hedonista e sem limites. Dorian fica cada vez mais obcecado com a ideia de permanecer jovem e belo para sempre e acaba vendendo sua alma em troca de imortalidade. A partir daí, Dorian começa a se envolver em todos os tipos de excessos, desde festas até assassinatos. Enquanto isso, seu retrato envelhece e mostra as marcas de seus pecados. Dorian esconde o retrato em um quarto secreto e passa a visitá-lo regularmente para se lembrar da vida que levou. No final, ele se arrepende de seus atos e tenta destruir o retrato, o que acaba levando à sua própria morte.

Personagens

Dorian Gray

Dorian é o personagem principal do filme e é interpretado por Hurd Hatfield. Ele é um jovem bonito e rico que se torna obcecado por sua própria beleza e juventude. Dorian é influenciado por Lord Henry Wotton e acaba se envolvendo em todos os tipos de excessos, desde festas até assassinatos. No final, ele se arrepende de seus atos e tenta destruir o retrato, o que acaba levando à sua própria morte.

Basil Hallward

Basil é um artista que se apaixona pela beleza de Dorian e decide pintar um retrato dele. Ele é interpretado por George Sanders. Basil é um personagem simpático e gentil, mas também é um pouco ingênuo em relação a Dorian. Ele é incapaz de ver a verdadeira natureza de Dorian e acaba sendo vítima de sua própria ingenuidade.

Lord Henry Wotton

Lord Henry é interpretado por Hurd Hatfield. Ele é um aristocrata hedonista que introduz Dorian a um estilo de vida sem limites. Lord Henry é um personagem fascinante e carismático, mas também é perigoso. Ele é capaz de convencer Dorian a fazer coisas terríveis e é parcialmente responsável pela queda de Dorian.

Adaptação do Livro

Em geral, o filme é bastante fiel ao livro de Oscar Wilde. No entanto, há algumas diferenças notáveis. No livro, Dorian é descrito como sendo loiro e de olhos azuis, enquanto no filme ele tem cabelos escuros e olhos castanhos. Além disso, o filme é mais explícito em relação às cenas de violência e sexo. No livro, essas cenas são mais sugestivas do que explícitas. Outra diferença é a forma como o retrato é retratado. No livro, o retrato é descrito como envelhecendo e se tornando feio à medida que Dorian se envolve em mais pecados. No filme, o retrato é representado de forma mais dramática, com cicatrizes e feridas aparecendo em seu rosto.

For more information, please click the button below.

Conclusão

“O Retrato de Dorian Gray” é uma obra-prima da literatura e o filme de Albert Lewin é uma adaptação fiel e fascinante. Embora haja algumas diferenças em relação ao livro original, o filme consegue capturar a essência da história e dos personagens. Hurd Hatfield faz um ótimo trabalho como Dorian Gray e George Sanders é excelente como Basil Hallward. Se você é fã do livro de Oscar Wilde ou apenas gosta de filmes clássicos, “O Retrato de Dorian Gray” é uma escolha excelente.

FAQs

1. Qual é a mensagem central de “O Retrato de Dorian Gray”?

A mensagem central do livro e do filme é que a beleza e a juventude são efêmeras e que o excesso pode levar à ruína. Dorian Gray é um exemplo de como a busca pela beleza e juventude eternas pode levar a uma vida de excessos e pecados.

2. O que Oscar Wilde quis dizer com “Toda arte é completamente inútil”?

Essa frase foi dita por Oscar Wilde em seu ensaio “A Decadência da Mentira”. Ele estava argumentando que a arte não deve ter um propósito prático ou moral, mas sim ser apreciada por sua própria beleza e valor estético. Em outras palavras, a arte é inútil no sentido de que não tem uma função prática, mas é valiosa por si só.

3. Por que “O Retrato de Dorian Gray” é considerado uma obra-prima da literatura?

“O Retrato de Dorian Gray” é considerado uma obra-prima da literatura por sua habilidade em explorar questões importantes como a beleza, a juventude, o excesso e a moralidade. Oscar Wilde escreveu o livro em um estilo poético e elegante que ainda é admirado hoje em dia. A história é surpreendente e cheia de reviravoltas, e os personagens são complexos e fascinantes.

Related video of filme o retrato de dorian gray

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait