Fala O Que Quer, Ouve O Que Não Quer

Reza August 22, 2021
Quem fala o que não deve…ouve o que não quer! Aziume Blog de humor

“Fala o que quer, ouve o que não quer” é um ditado popular que significa que devemos ser sinceros e expressar nossas opiniões, mesmo que não sejam bem recebidas pelos outros. No entanto, também devemos estar preparados para ouvir críticas e feedbacks, mesmo que não gostemos deles.

Origem do ditado

A origem do ditado é incerta, mas sua primeira aparição registrada foi em 1853, em uma coletânea de provérbios do escritor português Francisco Manuel de Melo. A frase foi popularizada no Brasil e em Portugal, sendo utilizada como conselho para aqueles que querem ser honestos e transparentes em suas relações pessoais e profissionais.

O significado da frase

A frase “fala o que quer, ouve o que não quer” significa que devemos ser honestos e dizer o que pensamos, mesmo que isso possa causar desconforto ou desagrado em outras pessoas. No entanto, também devemos estar preparados para ouvir críticas e feedbacks, mesmo que não gostemos deles.

Em outras palavras, a frase sugere que devemos ser corajosos o suficiente para expressar nossas opiniões, mas também humildes o suficiente para aceitar que outras pessoas possam ter uma visão diferente da nossa.

A importância da comunicação transparente

A comunicação transparente é fundamental para o sucesso de qualquer relacionamento, seja pessoal ou profissional. Quando somos honestos e transparentes em nossas comunicações, criamos um ambiente de confiança e respeito mútuo.

No entanto, a comunicação transparente nem sempre é fácil. Muitas vezes, temos medo de expressar nossas opiniões, porque tememos a rejeição ou o conflito. Da mesma forma, também pode ser difícil aceitar críticas e feedbacks, especialmente quando eles são negativos ou contrários às nossas crenças.

For more information, please click the button below.

É por isso que a frase “fala o que quer, ouve o que não quer” é tão importante. Ela nos lembra que devemos ser corajosos o suficiente para expressar nossas opiniões, mas também humildes o suficiente para aceitar as opiniões dos outros. Somente quando estamos dispostos a ouvir críticas e feedbacks podemos crescer e melhorar como indivíduos.

Como aplicar o ditado na prática

Para aplicar o ditado “fala o que quer, ouve o que não quer” na prática, é importante seguir algumas dicas:

Seja honesto e transparente

Não tenha medo de expressar suas opiniões e sentimentos, mesmo que eles possam causar desconforto ou desagrado em outras pessoas. A honestidade é fundamental para criar relacionamentos saudáveis e duradouros.

Esteja aberto a críticas e feedbacks

Reconheça que outras pessoas têm o direito de ter opiniões diferentes da sua. Esteja aberto a críticas e feedbacks, mesmo que eles possam ser negativos ou contrários às suas crenças.

Não leve as coisas para o lado pessoal

Quando recebemos críticas ou feedbacks negativos, é fácil levar as coisas para o lado pessoal e ficar defensivo. No entanto, é importante lembrar que as críticas não são necessariamente um reflexo de quem somos como indivíduos.

Respeite as opiniões dos outros

Assim como você tem o direito de expressar suas opiniões, outras pessoas também têm o direito de expressar as suas. Respeite as opiniões dos outros, mesmo que elas sejam diferentes da sua.

Conclusão

O ditado popular “fala o que quer, ouve o que não quer” é uma lição valiosa sobre a importância da honestidade e da transparência na comunicação. Quando somos corajosos o suficiente para expressar nossas opiniões, mas humildes o suficiente para ouvir as opiniões dos outros, criamos um ambiente de respeito e confiança mútuo. Ao seguir as dicas acima, você pode aplicar essa lição na prática e construir relacionamentos mais saudáveis e duradouros.

FAQ

1. O que fazer quando alguém não aceita minhas opiniões?

Quando alguém não aceita suas opiniões, pode ser tentador ficar na defensiva ou tentar convencê-los a mudar de ideia. No entanto, é importante lembrar que cada pessoa tem o direito de ter suas próprias opiniões e crenças. Em vez disso, tente entender o ponto de vista da outra pessoa e respeite suas opiniões, mesmo que elas sejam diferentes das suas.

2. Como aceitar críticas construtivas?

Aceitar críticas construtivas pode ser difícil, mas é uma parte importante do crescimento pessoal. Se alguém lhe der feedbacks negativos, tente não levar para o lado pessoal. Em vez disso, tente ver a crítica como uma oportunidade para aprender e crescer. Pergunte-se como você pode aplicar o feedback para melhorar suas habilidades ou comportamentos.

3. Como ser honesto sem ser ofensivo?

Para ser honesto sem ser ofensivo, é importante escolher bem as palavras que você usa. Tente usar uma linguagem clara e objetiva, sem ser agressivo ou julgador. Além disso, tente se colocar no lugar da outra pessoa e considere como suas palavras podem ser recebidas.

Related video of fala oque quer ouve o'que nao quer

https://youtube.com/watch?v=-r6Z2Li4FYk

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait