Explicando As Razões Da Internacionalização Da Crise De 29

Reza October 2, 2022
Crise de 1929

Introdução

A crise de 29, também conhecida como a Grande Depressão, foi um período de grande turbulência econômica que afetou o mundo inteiro. Ela começou nos Estados Unidos, mas logo se espalhou para outros países, causando uma recessão global que durou vários anos. Neste artigo, vamos explicar as razões da internacionalização da crise de 29.

A crise de 29 nos Estados Unidos

A crise de 29 começou nos Estados Unidos, no final da década de 1920. Durante esse período, houve um forte crescimento econômico no país, impulsionado pela produção em massa e pelo aumento do consumo. No entanto, esse crescimento foi acompanhado por uma especulação financeira sem precedentes, que levou a um aumento exagerado nos preços das ações e da propriedade imobiliária. Em outubro de 1929, a bolha financeira estourou, levando a uma queda acentuada nos preços das ações. Isso levou muitos investidores a perderem grandes quantias de dinheiro e a retirarem seus investimentos do mercado. Como resultado, o sistema bancário também foi afetado, pois muitos bancos haviam investido em ações e imóveis, e perderam dinheiro quando o mercado colapsou.

A expansão da crise

A crise nos Estados Unidos logo se espalhou para outros países, principalmente porque muitos países estavam conectados ao sistema financeiro americano. A queda nos preços das ações e a retirada de investimentos pelos investidores americanos afetou as economias de outros países que dependiam do capital americano. Além disso, a crise também afetou o comércio internacional. Com a queda na produção e o aumento do desemprego nos Estados Unidos, houve uma queda na demanda por produtos importados. Como resultado, muitos países exportadores foram afetados pela diminuição nas vendas.

As principais razões da internacionalização da crise

1. A dependência do sistema financeiro americano

Muitos países estavam ligados ao sistema financeiro americano, seja através de empréstimos, investimentos ou comércio. Quando a crise atingiu os Estados Unidos, os países que estavam ligados a ele também foram afetados.

2. A queda no comércio internacional

Com a diminuição na demanda por produtos importados, muitos países exportadores foram afetados pela diminuição nas vendas. Isso levou a uma queda na produção e no emprego em muitos países.

3. As políticas protecionistas adotadas pelos países

Para proteger suas economias, muitos países adotaram políticas protecionistas, aumentando as tarifas de importação e restringindo o comércio. Essas medidas levaram a uma queda ainda maior no comércio internacional e agravaram a crise.

For more information, please click the button below.

Conclusão

A crise de 29 foi um evento histórico que afetou o mundo inteiro. Ela começou nos Estados Unidos, mas logo se espalhou para outros países, afetando o comércio internacional e o sistema financeiro global. As principais razões da internacionalização da crise foram a dependência do sistema financeiro americano, a queda no comércio internacional e as políticas protecionistas adotadas pelos países.

FAQs

1. Como a crise de 29 afetou o Brasil?

A crise de 29 afetou o Brasil de várias maneiras. As exportações do país caíram drasticamente, levando a uma queda na produção e no emprego. Além disso, muitos bancos brasileiros haviam investido em ações e empréstimos americanos, e perderam dinheiro quando a crise atingiu os Estados Unidos.

2. A crise de 29 poderia ter sido evitada?

Alguns economistas acreditam que a crise de 29 poderia ter sido evitada se as autoridades americanas tivessem adotado políticas monetárias mais restritivas para conter a especulação financeira. No entanto, outros argumentam que a crise era inevitável devido aos excessos do sistema financeiro americano.

3. Como a crise de 29 mudou a economia global?

A crise de 29 teve um impacto duradouro na economia global. Ela levou a uma maior regulação do sistema financeiro, com o objetivo de evitar crises semelhantes no futuro. Além disso, a crise fortaleceu o papel do Estado na economia, com muitos países adotando políticas keynesianas para estimular a demanda e combater o desemprego.

Related video of explique as razões da internacionalização da crise de 29

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait