Exercícios De Uso Do Hífen Para O 8º Ano

Reza February 4, 2023
SÓ LINGUAGEM 2020 EMPREGO DO HÍFEN

O que é o hífen?

O hífen é um sinal gráfico que serve para unir duas palavras e indicar que elas formam uma só palavra. Ele pode ser utilizado em diferentes situações, como em palavras compostas, em verbos que possuem prefixos, em locuções e em outras situações específicas.

Regras de uso do hífen

Para utilizar o hífen corretamente, é preciso conhecer as regras de uso. Algumas das principais são:

1. Palavras compostas

Quando duas ou mais palavras se unem para formar uma nova palavra, elas podem ou não utilizar o hífen. Algumas das regras são:

  • As palavras compostas por justaposição (sem o uso de preposições) devem ser escritas sem hífen quando a segunda palavra começa com uma vogal ou com a letra “h”. Exemplos: girassol, guarda-chuva.
  • As palavras compostas por justaposição devem utilizar o hífen quando a segunda palavra começa com uma consoante igual à última letra da primeira palavra. Exemplos: guarda-roupa, madressilva.
  • As palavras compostas por aglutinação (com o uso de preposições) devem utilizar o hífen. Exemplos: bem-vindo, pós-graduação.
  • Algumas palavras compostas, como aquelas que possuem elementos de origem estrangeira, podem ou não utilizar o hífen, dependendo do uso consagrado pela língua. Exemplos: paraquedas (sem hífen), micro-ondas (com hífen).

2. Verbos com prefixos

Quando um verbo é formado com o uso de um prefixo, ele pode ou não utilizar o hífen. Algumas das regras são:

  • Os prefixos “circum”, “pan”, “super” e “inter” não utilizam o hífen. Exemplos: circuncisão, panorama, supermercado, intercâmbio.
  • Os prefixos “anti”, “sobre”, “sub” e “tele” utilizam o hífen quando a palavra seguinte começa com a letra “h” ou com vogal idêntica à última letra do prefixo. Exemplos: anti-higiênico, sobre-humano, sub-região, tele-objetiva.
  • Os prefixos “ex”, “sem”, “além”, “aquém”, “recém”, “pós” e “pré” utilizam o hífen sempre. Exemplos: ex-presidente, sem-terra, além-mar, aquém-fronteira, recém-nascido, pós-graduação, pré-escolar.

3. Locuções

As locuções, que são expressões formadas por mais de uma palavra, podem ou não utilizar o hífen. Algumas das regras são:

  • As locuções verbais, que possuem um verbo auxiliar e um verbo principal, não utilizam o hífen. Exemplos: vai sair, deve estudar.
  • As locuções substantivas, adjetivas e adverbiais utilizam o hífen quando há a necessidade de evitar a ambiguidade ou quando se tornam formas consagradas na língua. Exemplos: tenente-coronel, pós-graduação, à-toa.

Exercícios de uso do hífen para o 8º ano

Agora que você já conhece as principais regras de uso do hífen, é hora de praticar com alguns exercícios. Lembre-se de prestar atenção às regras e de consultar o dicionário se tiver dúvidas quanto à grafia das palavras.

For more information, please click the button below.

1. Complete as palavras compostas com ou sem hífen:

  1. guarda_______ (chuva)
  2. madressi_______ (silva)
  3. bem_______ (vindo)
  4. pós_______ (graduação)
  5. micro_______ (ondas)

2. Escreva os verbos com prefixos com ou sem hífen:

  1. circun_______ (cisar)
  2. pan_______ (fletir)
  3. super_______ (por)
  4. anti_______ (higiênico)
  5. ex_______ (marido)

3. Complete as locuções com ou sem hífen:

  1. à_______ (toa)
  2. vice_______ (governador)
  3. pós_______ (graduação)
  4. meio_______ (dia)
  5. à_______ (prova)

Conclusão

O uso do hífen pode parecer um pouco complexo, mas com o estudo das regras e a prática, é possível utilizá-lo de forma correta e adequada. Lembre-se de que o hífen é apenas um dos muitos recursos da língua portuguesa e que o seu uso deve ser feito com moderação e bom senso, sempre buscando a clareza e a precisão na comunicação.

FAQs

1. Como posso saber se uma palavra composta deve utilizar o hífen?

Para saber se uma palavra composta deve ou não utilizar o hífen, é preciso conhecer as regras de uso do hífen, especialmente as que se aplicam a palavras compostas. Em geral, as palavras compostas por justaposição (sem o uso de preposições) devem ser escritas sem hífen quando a segunda palavra começa com uma vogal ou com a letra “h”. Já as palavras compostas por justaposição devem utilizar o hífen quando a segunda palavra começa com uma consoante igual à última letra da primeira palavra. As palavras compostas por aglutinação (com o uso de preposições) devem utilizar o hífen.

2. Quando devo utilizar o hífen em verbos com prefixos?

Para utilizar o hífen corretamente em verbos com prefixos, é preciso conhecer as regras de uso. Os prefixos “circum”, “pan”, “super” e “inter” não utilizam o hífen. Os prefixos “anti”, “sobre”, “sub” e “tele” utilizam o hífen quando a palavra seguinte começa com a letra “h” ou com vogal idêntica à última letra do prefixo. Já os prefixos “ex”, “sem”, “além”, “aquém”, “recém”, “pós” e “pré” utilizam o hífen sempre.

3. As locuções sempre utilizam o hífen?

Não, as locuções nem sempre utilizam o hífen. As locuções verbais, que possuem um verbo auxiliar e um verbo principal, não utilizam o hífen. Já as locuções substantivas, adjetivas e adverbiais utilizam o hífen quando há a necessidade de evitar a ambiguidade ou quando se tornam formas consagradas na língua.

Related video of exercícios uso do hífen 8 ano

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait