Reforma Educacional De 1971

Reza January 10, 2023
Sobre A Lei 5692 71 Podemos Afirmar Lei Partilha

Introdução

A Reforma Educacional de 1971 é um marco importante na história da educação no Brasil. Ela foi configurada na Lei nº 5.692, que estabeleceu as diretrizes e bases para o ensino de primeiro e segundo graus no país. A reforma trouxe mudanças significativas no sistema educacional brasileiro, como a ampliação do ensino obrigatório de quatro para oito anos e a criação do ensino médio.

Contexto Histórico

A Reforma Educacional de 1971 foi implementada em um momento de grande transformação social e política no Brasil. O país estava passando por um período de intensa industrialização e urbanização, o que exigia uma mão de obra mais qualificada. Além disso, o governo militar que estava no poder na época via a educação como uma ferramenta fundamental para a construção de uma nação moderna e desenvolvida.

Principais Mudanças

A Reforma Educacional de 1971 trouxe diversas mudanças no sistema educacional brasileiro. Algumas das principais foram:

Ensino Obrigatório de Oito Anos

Antes da reforma, o ensino obrigatório no Brasil era de apenas quatro anos. Com a nova lei, o ensino fundamental passou a ter duração de oito anos, o que permitiu uma maior formação dos alunos e uma redução da taxa de analfabetismo no país.

Criação do Ensino Médio

Antes da reforma, o ensino secundário no Brasil era dividido em dois ciclos: ginasial e colegial. Com a nova lei, foi criado o ensino médio, que passou a ser uma etapa obrigatória do sistema educacional brasileiro. O objetivo era preparar os alunos para o ingresso no ensino superior ou para o mercado de trabalho.

Flexibilização Curricular

A Reforma Educacional de 1971 trouxe uma maior flexibilidade ao currículo escolar, permitindo que as escolas adaptassem o ensino às necessidades locais e regionais. Isso significa que cada escola podia definir seu próprio currículo, desde que seguisse as diretrizes gerais estabelecidas pela lei.

For more information, please click the button below.

Formação de Professores

A nova lei também estabeleceu a necessidade de formação específica para os professores, o que contribuiu para a melhoria da qualidade do ensino no país. A partir de então, os professores passaram a ter uma formação mais adequada para o exercício de sua profissão.

Conclusão

A Reforma Educacional de 1971 foi um marco importante na história da educação no Brasil. Ela trouxe mudanças significativas no sistema educacional brasileiro, como a ampliação do ensino obrigatório de quatro para oito anos e a criação do ensino médio. Além disso, a flexibilização curricular e a formação de professores contribuíram para a melhoria da qualidade do ensino no país.

FAQs

1. A Reforma Educacional de 1971 ainda está em vigor?

Não, a Reforma Educacional de 1971 foi revogada pela Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (Lei nº 9.394/96), que estabeleceu as diretrizes e bases da educação nacional.

2. Quais foram os principais impactos da Reforma Educacional de 1971 na sociedade brasileira?

A ampliação do ensino obrigatório e a criação do ensino médio contribuíram para a formação de uma mão de obra mais qualificada, o que impulsionou o desenvolvimento do país. Além disso, a flexibilização curricular e a formação de professores contribuíram para a melhoria da qualidade do ensino no Brasil.

3. A Reforma Educacional de 1971 foi uma iniciativa exclusiva do governo militar?

Não, a Reforma Educacional de 1971 contou com a participação de diversos setores da sociedade brasileira, como educadores, intelectuais e representantes dos movimentos estudantis. No entanto, é importante destacar que ela foi implementada em um contexto de regime militar, o que pode ter influenciado algumas de suas diretrizes.

Related video of em 1971 tivemos a reforma educacional configurada na lei

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait