Diferença Entre Imigrantes E Refugiados

Reza November 3, 2021
¿Quiénes son los inmigrantes y quiénes son los refugiados? (infografía

Imigrantes e refugiados são dois termos que muitas vezes são usados de forma intercambiável, mas na verdade eles têm diferenças significativas. Ambos os termos referem-se a pessoas que deixaram seus países de origem para viver em outro lugar, mas as razões pelas quais eles deixaram seus países de origem são diferentes.

Imigrantes

Imigrantes são pessoas que escolhem deixar seus países de origem para viver em outro lugar. Eles podem deixar seus países de origem por várias razões, como:

  • Procurar melhores oportunidades de emprego
  • Procurar melhores condições de vida
  • Querer estar com familiares que já estão no exterior
  • Procurar uma educação melhor
  • Querer fugir da violência ou da perseguição política

Os imigrantes geralmente planejam sua mudança com antecedência. Eles se inscrevem para obter vistos ou permissões de residência no país de destino e costumam ter um lugar para ficar assim que chegam lá. Eles geralmente têm um plano para encontrar trabalho e se estabelecer no novo país.

Refugiados

Refugiados são pessoas que são forçadas a deixar seus países de origem por causa de conflitos armados, violência, perseguição política ou outras situações que ameacem suas vidas ou liberdades básicas. Eles são considerados refugiados porque têm medo de serem perseguidos se voltarem para seus países de origem.

Os refugiados geralmente têm que deixar seus países de origem às pressas e sem planejamento prévio. Eles podem ter que deixar suas casas e pertences para trás e fugir para outro país sem documentos de identificação ou meios de subsistência. Eles geralmente precisam procurar ajuda de organizações internacionais, governos ou grupos de ajuda humanitária para sobreviver.

Principais diferenças

As principais diferenças entre imigrantes e refugiados são:

For more information, please click the button below.
  • Motivos pelos quais deixaram seus países de origem
  • Grau de planejamento antes de sua partida
  • Recursos disponíveis para sua chegada no país de destino
  • Status legal no país de destino

Motivos pelos quais deixaram seus países de origem

Os imigrantes deixam seus países de origem por vontade própria, enquanto os refugiados são forçados a sair devido a circunstâncias perigosas em seu país de origem. Os imigrantes podem deixar seus países de origem por uma variedade de razões, que podem incluir desejo de melhores oportunidades de emprego ou uma vida melhor. Já os refugiados deixam seus países de origem por causa da violência, perseguição política ou conflitos armados.

Grau de planejamento antes de sua partida

Os imigrantes geralmente planejam sua mudança com antecedência. Eles se inscrevem para obter vistos ou permissões de residência no país de destino e costumam ter um lugar para ficar assim que chegam lá. Eles geralmente têm um plano para encontrar trabalho e se estabelecer no novo país. Já os refugiados muitas vezes têm que deixar seus países de origem às pressas e sem planejamento prévio. Eles podem ter que deixar suas casas e pertences para trás e fugir para outro país sem documentos de identificação ou meios de subsistência.

Recursos disponíveis para sua chegada no país de destino

Os imigrantes geralmente têm recursos disponíveis para sua chegada no país de destino. Eles podem ter economias para ajudá-los a se estabelecer em um novo país, ou podem ter familiares que possam ajudá-los. Já os refugiados muitas vezes chegam ao país de destino sem recursos, documentos de identificação ou meios de subsistência. Eles geralmente precisam procurar ajuda de organizações internacionais, governos ou grupos de ajuda humanitária para sobreviver.

Status legal no país de destino

Os imigrantes geralmente têm um status legal no país de destino. Eles podem ter um visto ou permissão de residência que lhes permita trabalhar e viver no país. Já os refugiados muitas vezes não têm um status legal no país de destino quando chegam. Eles precisam solicitar asilo e esperar que sua solicitação seja aprovada antes de poderem trabalhar e viver legalmente no país.

Conclusão

Em resumo, imigrantes e refugiados são dois grupos de pessoas que deixaram seus países de origem para viver em outro lugar, mas por razões diferentes. Os imigrantes deixam seus países de origem por vontade própria, enquanto os refugiados são forçados a sair devido a circunstâncias perigosas em seu país de origem. Os imigrantes geralmente têm um plano para sua chegada e têm recursos disponíveis, enquanto os refugiados muitas vezes chegam sem planejamento prévio e sem recursos. Além disso, imigrantes geralmente têm um status legal no país de destino, enquanto refugiados precisam solicitar asilo e esperar pela aprovação.

FAQs

1 – Os refugiados podem se tornar imigrantes?

Sim, os refugiados podem se tornar imigrantes se decidirem permanecer no país de destino após a aprovação de seu pedido de asilo. Nesse caso, eles precisariam seguir os procedimentos normais para a obtenção de um visto ou permissão de residência.

2 – Todos os refugiados têm direito a asilo?

Nem todos os refugiados têm direito a asilo. Para serem considerados elegíveis para asilo, eles precisam provar que têm medo de perseguição em seu país de origem devido à sua raça, religião, nacionalidade, opinião política ou pertencimento a um determinado grupo social.

3 – Os imigrantes podem se tornar refugiados?

Sim, os imigrantes podem se tornar refugiados se sua situação mudar em seu país de origem e eles se tornarem alvo de perseguição. Nesse caso, eles precisariam buscar asilo em outro país.

Related video of diferenca entre imigrantes e refugiados

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait