"Diário De Um Detento Letra"

Reza June 11, 2022
Diário de um Detento Memórias de um Presidiário Editora Schoba

“Diário de um Detento” é uma música do grupo de rap brasileiro Racionais MC’s, lançada em 1997. A música narra a história de um detento que relata a sua vida na prisão e a sua visão sobre a realidade da criminalidade e da violência no Brasil.

Letra da música

A letra da música “Diário de um Detento” é considerada uma das mais fortes e impactantes do rap nacional. Ela representa a realidade de muitos brasileiros que vivem em situações de violência, exclusão social e desigualdade. A seguir, confira a letra completa:

“Eu sou um sobrevivente do inferno Aqui só tem dois caminhos, o caixão ou o xilindró E a cada dia que passa, menos amigos do lado de fora Mais inimigos do lado de dentro E aí, irmão, como é que tá lá fora? Sei que tá difícil, a luta é constante Mas a vida é assim mesmo, na selva é matar ou morrer Aqui dentro, cada um por si, Deus por todos Não existe amor, não existe amizade Só existe a lei do mais forte E aí, irmão, como é que tá a sua família? Espero que esteja bem, cuida bem do meu filho Diz pra ele que o pai ama muito E que um dia eu volto pra casa Mas enquanto isso eu sigo aqui Comendo o pão que o diabo amassou Sofrendo as torturas e humilhações Mas não vou me render, não vou me entregar Sou um guerreiro, um lutador E a minha arma é a minha mente E a minha fé em Deus E aí, irmão, como é que tá a quebrada? Sei que a polícia tá sempre na cola E que a fome e a miséria são constantes Mas não desiste, não se rende Luta pelos seus direitos, pelos seus sonhos E acredita que um dia tudo pode mudar E aí, irmão, como é que tá a sua alma? A minha tá machucada, ferida Mas não tá morta, não tá vencida Eu ainda tenho esperança, eu ainda tenho fé E sei que um dia eu vou sair daqui E vou viver uma vida diferente Sem violência, sem medo, sem dor E aí, irmão, como é que tá a sua consciência? A minha tá tranquila, eu sei que errei Mas eu tô pagando pelos meus pecados E eu tô aprendendo, eu tô evoluindo E um dia eu vou ser um homem melhor E aí, irmão, como é que tá a sua vida? A minha tá difícil, eu sei que é assim mesmo Mas eu não vou desistir, eu não vou me entregar Eu sou um guerreiro, um lutador E a minha arma é a minha mente E a minha fé em Deus.”

Interpretação da música

A música “Diário de um Detento” é uma crítica contundente ao sistema prisional brasileiro e à realidade da violência e da criminalidade no país. A letra retrata a visão de um detento que se encontra em um ambiente hostil, onde a sobrevivência é uma questão de matar ou morrer. O protagonista da música relata a sua vida na prisão, as torturas e humilhações que sofre e a sua luta constante para sobreviver em meio a um ambiente de exclusão e violência.

A música também aborda a questão da exclusão social e da desigualdade no Brasil, que são fatores que contribuem para o aumento da criminalidade e da violência. O detento relata a dificuldade de seus amigos e familiares que vivem em situações de pobreza e miséria, e como a falta de oportunidades e perspectivas pode levar as pessoas a cometerem crimes.

Por fim, a música também transmite uma mensagem de esperança e de fé em dias melhores. O protagonista da música acredita que um dia poderá sair da prisão e viver uma vida diferente, sem violência e sem medo. Ele também se mostra arrependido dos seus erros e disposto a mudar a sua vida.

For more information, please click the button below.

Conclusão

“Diário de um Detento” é uma música que retrata de forma contundente a realidade da violência e da criminalidade no Brasil. A letra é uma crítica ao sistema prisional brasileiro e à exclusão social que contribui para o aumento da criminalidade. A música também transmite uma mensagem de esperança e de fé em dias melhores, mostrando que mesmo em meio a um ambiente de hostilidade é possível acreditar em mudanças e em uma vida melhor.

FAQs

1. Qual é o significado da frase “comendo o pão que o diabo amassou”?

A expressão “comendo o pão que o diabo amassou” significa passar por momentos difíceis, de sofrimento e de privações.

2. Qual é a crítica da música ao sistema prisional brasileiro?

A música critica a falta de estrutura e de condições dignas de vida no sistema prisional brasileiro, que muitas vezes contribui para a perpetuação da violência e da criminalidade. A letra também denuncia as torturas e humilhações que os detentos sofrem nas prisões e o ambiente hostil e violento que impera nesse ambiente.

3. Qual é a mensagem de esperança transmitida pela música?

A mensagem de esperança da música é que mesmo em meio a uma realidade de violência e exclusão social, é possível acreditar em dias melhores e em uma vida diferente. O protagonista da música acredita que um dia poderá sair da prisão e viver uma vida sem violência e sem medo, e se mostra disposto a mudar a sua vida.

Related video of diario de um detento letra

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait