Desconto Simplificado Ou Deduções Legais?

Reza April 22, 2022
Opção por Desconto Simplificado Ou Deduções Legais no Imposto de Renda

Na hora de fazer a declaração do imposto de renda, uma das dúvidas mais comuns é sobre qual opção escolher: desconto simplificado ou deduções legais? Ambas as opções têm seus prós e contras, e é importante entender as diferenças entre elas para escolher a mais adequada para o seu caso.

Desconto Simplificado

O desconto simplificado é uma opção oferecida pela Receita Federal que permite ao contribuinte abater 20% do valor dos seus rendimentos tributáveis, limitado a um valor máximo de R$ 16.754,34. Essa opção é indicada para quem não tem muitas despesas a deduzir e cujas deduções legais não ultrapassam o valor do desconto simplificado.

Por exemplo, se um contribuinte tem um salário anual de R$ 80.000 e não tem muitas despesas a deduzir, o desconto simplificado pode ser uma opção interessante. Nesse caso, o valor do desconto seria de R$ 16.000 (20% de R$ 80.000), o que significa que o imposto seria calculado sobre um valor de R$ 64.000.

É importante destacar que, ao optar pelo desconto simplificado, o contribuinte não pode deduzir outras despesas, como gastos com saúde, educação, previdência privada, entre outros. Além disso, o desconto simplificado é uma opção irretratável, ou seja, depois de escolher essa opção, o contribuinte não pode mudar para a opção de deduções legais.

Deduções Legais

As deduções legais são as despesas que podem ser abatidas do valor do imposto de renda devido, como gastos com saúde, educação, previdência privada, pensão alimentícia, entre outros. Ao optar pelas deduções legais, o contribuinte pode reduzir o valor do imposto a pagar ou aumentar o valor da restituição a receber.

Para ter direito às deduções legais, o contribuinte precisa comprovar todas as despesas dedutíveis por meio de documentos e recibos. Além disso, existem limites para cada tipo de despesa. Por exemplo, os gastos com saúde só podem ser deduzidos até o limite de 12% dos rendimentos tributáveis.

For more information, please click the button below.

As deduções legais podem ser um benefício significativo para quem tem muitas despesas a deduzir, como gastos com educação ou saúde. No entanto, é importante lembrar que o valor total das deduções legais não pode ultrapassar 30% dos rendimentos tributáveis. Se as despesas dedutíveis ultrapassarem esse limite, é possível optar pelo desconto simplificado.

Como escolher entre o desconto simplificado e as deduções legais?

A escolha entre o desconto simplificado e as deduções legais depende de cada caso. Para fazer a escolha correta, é importante considerar os seguintes fatores:

  • Quantidade de despesas dedutíveis: se o contribuinte tem muitas despesas dedutíveis, como gastos com saúde e educação, é provável que as deduções legais sejam mais vantajosas.
  • Valor das despesas dedutíveis: se o valor total das despesas dedutíveis não ultrapassar o limite de 30% dos rendimentos tributáveis, é possível optar pelas deduções legais. Caso contrário, o desconto simplificado pode ser mais vantajoso.
  • Facilidade na comprovação das despesas: para ter direito às deduções legais, o contribuinte precisa comprovar todas as despesas dedutíveis por meio de documentos e recibos. Se o contribuinte não tiver todos esses documentos, o desconto simplificado pode ser a melhor opção.

Conclusão

A escolha entre o desconto simplificado e as deduções legais é uma decisão importante na hora de fazer a declaração do imposto de renda. É preciso considerar as despesas dedutíveis, o valor das deduções, a facilidade na comprovação das despesas e outros fatores para fazer a escolha certa. Em caso de dúvida, é sempre recomendável buscar a ajuda de um profissional contábil.

FAQs

1. Posso mudar de opção depois de escolher o desconto simplificado?

Não, a opção pelo desconto simplificado é irretratável. Depois de escolher essa opção, o contribuinte não pode mudar para a opção de deduções legais.

2. Como comprovar as despesas dedutíveis?

Para ter direito às deduções legais, o contribuinte precisa comprovar todas as despesas dedutíveis por meio de documentos e recibos. É importante guardar todos os documentos e recibos durante o ano para facilitar a comprovação na hora de fazer a declaração do imposto de renda.

3. Qual a diferença entre os rendimentos tributáveis e não tributáveis?

Os rendimentos tributáveis são aqueles que estão sujeitos à cobrança de imposto de renda. Já os rendimentos não tributáveis são aqueles que não estão sujeitos à cobrança de imposto de renda, como é o caso de algumas indenizações e benefícios previdenciários.

Related video of desconto simplificado ou deduções legais

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait