Congresso De Milão De 1880

Reza January 7, 2023
Il Congresso di Milano del 1880 Storia dei Sordi

O Congresso de Milão de 1880 foi um evento importante na história da língua portuguesa. O objetivo principal do congresso era a unificação da ortografia da língua portuguesa, que na época estava dividida em várias variantes, principalmente entre Portugal e Brasil.

Contexto histórico

No final do século XIX, a língua portuguesa era escrita de maneiras diferentes em Portugal e no Brasil. Isso era um problema para a comunicação entre os falantes de português de ambos os países, bem como para a literatura e o ensino da língua.

Em 1878, um grupo de intelectuais portugueses propôs a unificação da ortografia portuguesa. Essa proposta foi bem recebida no Brasil, que enviou representantes para discutir a questão em um congresso internacional em Paris, em 1878. No entanto, as discussões não levaram a resultados práticos.

Em 1880, foi organizado o Congresso de Milão, que reuniu especialistas em língua portuguesa de todo o mundo para discutir a questão da unificação da ortografia. O congresso foi realizado em Milão, na Itália, de 12 a 17 de setembro de 1880.

Participantes

O Congresso de Milão contou com a participação de 27 delegados de Portugal, Brasil, Angola, Moçambique e Goa.

Os delegados de Portugal eram liderados pelo escritor Adolfo Coelho e incluíam outros escritores e linguistas, como Carolina Michaëlis de Vasconcelos, José Leite de Vasconcelos e Gonçalves Viana.

For more information, please click the button below.

Do Brasil, participaram escritores como Machado de Assis, Rui Barbosa e Sílvio Romero, além de outros intelectuais e políticos.

Os delegados de Angola, Moçambique e Goa eram principalmente representantes da igreja católica e do governo colonial português.

Resultados

O Congresso de Milão teve como resultado a aprovação de um conjunto de regras ortográficas que deveriam ser adotadas por todos os países de língua portuguesa. Essas regras foram publicadas em um documento chamado “Bases da Ortografia Unificada da Língua Portuguesa”.

Entre as principais mudanças propostas pelas Bases da Ortografia Unificada, destacam-se:

  • A eliminação do uso do trema;
  • A adoção do acento agudo nas palavras paroxítonas terminadas em -o, -e, -em, -ens, -a, -as, -am e -ã;
  • A adoção do acento circunflexo nas vogais a, e e o, quando precedidas de m ou n e seguidas de consoante;
  • A eliminação do uso do acento agudo nas palavras oxítonas terminadas em -e, -em e -es, quando precedidas de consoante, exceto nos casos em que isso poderia gerar ambiguidade;
  • A adoção do hífen em compostos em que o segundo elemento começa com h, não havendo, entretanto, a necessidade do emprego do hífen em compostos em que o segundo elemento começa com vogal;
  • A adoção da letra k, w e y no alfabeto;
  • A eliminação do uso do acento grave nas formas verbais paroxítonas do presente do indicativo dos verbos ter e vir.

As Bases da Ortografia Unificada foram bem recebidas pelos participantes do congresso, mas encontraram resistência em alguns setores da sociedade portuguesa e brasileira. Ainda assim, elas foram adotadas oficialmente em Portugal em 1911 e no Brasil em 1943.

Legado

O Congresso de Milão de 1880 foi um marco na história da língua portuguesa e na relação entre Portugal e Brasil. A unificação da ortografia contribuiu para a comunicação entre os falantes de português em todo o mundo, bem como para o ensino e a literatura em língua portuguesa.

Além disso, o Congresso de Milão foi um exemplo de cooperação internacional e de diálogo entre culturas diferentes. Os participantes do congresso representavam países de três continentes diferentes e falavam diferentes variantes da língua portuguesa, mas conseguiram chegar a um acordo que beneficiou a todos.

Conclusão

O Congresso de Milão de 1880 foi um evento histórico que teve um impacto duradouro na língua portuguesa e na relação entre Portugal e Brasil. A unificação da ortografia foi um passo importante para a comunicação entre os falantes de português em todo o mundo, bem como para a literatura e o ensino da língua. Além disso, o congresso foi um exemplo de cooperação internacional e de diálogo entre culturas diferentes.

FAQs

O que foi o Congresso de Milão de 1880?

O Congresso de Milão de 1880 foi um evento importante na história da língua portuguesa. O objetivo principal do congresso era a unificação da ortografia da língua portuguesa, que na época estava dividida em várias variantes, principalmente entre Portugal e Brasil.

Quem participou do Congresso de Milão?

O Congresso de Milão contou com a participação de 27 delegados de Portugal, Brasil, Angola, Moçambique e Goa. Entre os participantes estavam escritores, linguistas, políticos e representantes da igreja católica e do governo colonial português.

Qual foi o legado do Congresso de Milão?

O Congresso de Milão de 1880 foi um marco na história da língua portuguesa e na relação entre Portugal e Brasil. A unificação da ortografia contribuiu para a comunicação entre os falantes de português em todo o mundo, bem como para o ensino e a literatura em língua portuguesa. Além disso, o congresso foi um exemplo de cooperação internacional e de diálogo entre culturas diferentes.

Related video of congresso de milão de 1880

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait