Concordância Verbal E Nominal Exercícios

Reza December 25, 2021
Exercícios Concordância Nominal e Verbal Prof. Carlos Eduardo Canani

A concordância verbal e nominal é um assunto que gera muitas dúvidas para os estudantes de português. Trata-se da relação entre o sujeito da frase e o verbo, bem como entre o substantivo e seus modificadores (adjetivos, artigos, etc.). Quando esses elementos não concordam entre si, a frase pode ficar gramaticalmente incorreta e dificultar a compreensão do que se quer expressar. Por isso, é importante praticar exercícios para fixar as regras de concordância e evitar erros comuns.

Concordância Verbal

A concordância verbal se refere à relação entre o sujeito da frase e o verbo, que deve estar conjugado na mesma pessoa e número que o sujeito. Vejamos alguns exemplos:

  • Eu estou feliz.
  • Você é inteligente.
  • Ele gosta de comer pizza.
  • Nós estudamos para a prova.
  • Eles viajarão nas férias.

Note que o verbo está sempre conjugado de acordo com o sujeito da frase. Se o sujeito estiver no singular, o verbo também deve estar no singular. Se o sujeito estiver no plural, o verbo também deve estar no plural.

No entanto, existem algumas situações em que a concordância verbal pode gerar dúvidas. Vejamos algumas delas:

Verbos impessoais

Os verbos impessoais são aqueles que não têm sujeito, ou seja, não se referem a uma pessoa ou coisa específica. Nesses casos, o verbo fica sempre na terceira pessoa do singular.

  • Choveu muito ontem.
  • Faz muito calor aqui.
  • Há muitas opções de lazer na cidade.

Sujeito composto

Quando o sujeito é composto, ou seja, é formado por duas ou mais pessoas ou coisas, o verbo pode concordar no plural ou no singular, dependendo do sentido da frase.

For more information, please click the button below.
  • O pai e o filho viajaram juntos. (ambos viajaram)
  • O pai e o filho viajou juntos. (só um dos dois viajou)
  • Nem o pai nem o filho viajaram juntos. (ambos não viajaram)
  • Nem o pai nem o filho viajou juntos. (nenhum dos dois viajou)

Sujeito posposto

Quando o sujeito vem depois do verbo, a concordância pode gerar dúvidas. Nesses casos, é preciso identificar qual é o sujeito da frase e fazer a concordância correta.

  • Estava na sala o cachorro e o gato. (O cachorro e o gato estavam na sala)
  • Ficou no quarto o livro e a caneta. (O livro e a caneta ficaram no quarto)

Concordância Nominal

A concordância nominal se refere à relação entre o substantivo e seus modificadores, como adjetivos, artigos, pronomes, etc. Esses elementos devem concordar em gênero e número com o substantivo a que se referem. Vejamos alguns exemplos:

  • O livro interessante
  • A mesa bonita
  • Os alunos dedicados
  • As meninas inteligentes

Note que o artigo, o adjetivo e o pronome estão concordando em gênero e número com o substantivo. Se o substantivo estiver no masculino singular, os modificadores também devem estar no masculino singular. Se o substantivo estiver no feminino plural, os modificadores também devem estar no feminino plural.

No entanto, assim como na concordância verbal, a concordância nominal também pode gerar dúvidas em algumas situações. Vejamos algumas delas:

Substantivo coletivo

Os substantivos coletivos se referem a um conjunto de elementos da mesma espécie, como “frota”, “rebanho”, “equipe”, etc. Nesses casos, a concordância pode ser feita no singular ou no plural, dependendo do sentido da frase.

  • A frota de ônibus está atrasada. (trata-se de um conjunto, então o substantivo fica no singular)
  • A frota de ônibus estão atrasados. (cada ônibus está atrasado, então o substantivo fica no plural)

Adjetivos antepostos

Quando o adjetivo vem antes do substantivo, é preciso fazer a concordância em gênero e número com ele.

  • Bonito dia
  • Inteligente aluna

Adjetivos pospostos

Quando o adjetivo vem depois do substantivo, é preciso fazer a concordância em gênero e número com ele.

  • Dia bonito
  • Aluna inteligente

Exercícios de Concordância Verbal e Nominal

Para fixar as regras de concordância verbal e nominal, é importante praticar exercícios. Vejamos alguns exemplos:

Exercícios de Concordância Verbal

  1. O casal viajou para a Europa.
  2. O carro e a moto colidiram na esquina.
  3. Nós assistimos ao filme ontem.
  4. Tu estudas muito para as provas.
  5. Eles correm todos os dias no parque.

Exercícios de Concordância Nominal

  1. A mesa e a cadeira são confortáveis.
  2. O livro e a caneta estão sobre a mesa.
  3. Os homens sérios conversavam no bar.
  4. As meninas bonitas passaram por aqui.
  5. O dia claro deixou todos animados.

Conclusão

A concordância verbal e nominal é um assunto importante para a compreensão e produção de frases corretas em português. É preciso conhecer as regras e praticar exercícios para fixar o aprendizado e evitar erros comuns. Com um pouco de dedicação e estudo, é possível dominar essa parte da gramática e se comunicar de forma mais clara e precisa.

FAQs

1. Quais são os principais erros de concordância verbal e nominal que os estudantes de português cometem?

Os principais erros de concordância verbal e nominal que os estudantes de português cometem estão relacionados à falta de atenção na hora de fazer a concordância com o sujeito e com o substantivo. Por exemplo, é comum errar a concordância em frases com sujeito composto

Related video of concordancia verbal e nominal exercícios

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait