Como Estão Articuladas As Orações Em Cada Período?

Reza January 11, 2023
Janela Aberta Período Simples e Composto. Classificação das Oraç

Para entendermos como as orações estão articuladas em um período, é preciso compreender o que é uma oração. Uma oração é uma unidade linguística que possui um verbo e uma estrutura sintática própria. Em um período, podemos ter uma ou mais orações, e a forma como elas estão organizadas é fundamental para a compreensão do sentido da frase.

Estrutura das orações

Cada oração possui uma estrutura própria, que é formada por elementos como sujeito, predicado, objeto direto, objeto indireto, complemento nominal, entre outros. Esses elementos se relacionam entre si de forma a construir o sentido da oração.

O sujeito é o elemento da oração que realiza a ação do verbo. Já o predicado é o elemento que contém o verbo e expressa a ação realizada pelo sujeito. O objeto direto é o elemento que recebe a ação do verbo, enquanto o objeto indireto é o elemento que indica a quem ou para quem a ação é realizada. O complemento nominal é o elemento que complementa o sentido de um substantivo, adjetivo ou advérbio.

Tipos de orações

As orações podem ser classificadas de acordo com sua função na frase. Podemos ter orações coordenadas, subordinadas e independentes.

Orações coordenadas

As orações coordenadas são aquelas que possuem uma relação de igualdade entre si. Elas são conectadas por conjunções coordenativas, que podem ser aditivas (e, nem), adversativas (mas, porém, todavia), alternativas (ou, ou…ou) e conclusivas (logo, portanto).

Exemplo: Ele estudou para a prova e foi bem.

For more information, please click the button below.

Nesse exemplo, temos duas orações coordenadas conectadas pela conjunção aditiva “e”.

Orações subordinadas

As orações subordinadas são aquelas que possuem uma relação de dependência em relação a outra oração. Elas são conectadas por conjunções subordinativas, que podem ser causais (porque, como), condicionais (se, caso), concessivas (embora, ainda que), finais (para que, a fim de que), temporais (quando, enquanto) e integrantes (que, se).

Exemplo: Ele estudou para a prova porque queria passar.

Nesse exemplo, temos uma oração principal (Ele estudou para a prova) e uma oração subordinada causal (porque queria passar), que explica o motivo pelo qual ele estudou para a prova.

Orações independentes

As orações independentes são aquelas que não possuem relação de dependência com outra oração. Elas podem ser conectadas por pontuação ou por conjunções coordenativas.

Exemplo: Ele estudou para a prova. Ele queria passar.

Nesse exemplo, temos duas orações independentes conectadas por pontuação.

Articulação das orações em um período

Em um período, as orações podem estar articuladas de diferentes formas, dependendo da relação que existe entre elas. Podemos ter períodos simples, compostos por uma única oração, e períodos compostos, por duas ou mais orações.

Períodos simples

Os períodos simples são compostos por uma única oração. Eles podem ser formados por sujeito e predicado ou por uma única palavra que exerce as funções de sujeito e predicado.

Exemplo: Choveu ontem.

Nesse exemplo, temos um período simples formado por sujeito e predicado.

Períodos compostos

Os períodos compostos são compostos por duas ou mais orações. Eles podem ser formados por orações coordenadas ou subordinadas.

Orações coordenadas

As orações coordenadas são aquelas que possuem uma relação de igualdade entre si. Em um período composto por orações coordenadas, as orações são conectadas por conjunções coordenativas.

Exemplo: Ele estudou para a prova e foi bem. Eu não estudei e fui mal.

Nesse exemplo, temos um período composto por orações coordenadas conectadas pelas conjunções coordenativas “e” e “e”.

Orações subordinadas

As orações subordinadas são aquelas que possuem uma relação de dependência em relação a outra oração. Em um período composto por orações subordinadas, temos uma oração principal e uma ou mais orações subordinadas que dependem da oração principal.

Exemplo: Ele estudou para a prova porque queria passar. Como não estudou, foi mal.

Nesse exemplo, temos um período composto por duas orações subordinadas conectadas pela conjunção subordinativa causal “porque” e pela conjunção subordinativa temporal “como”.

Conclusão

A articulação das orações em um período é fundamental para a compreensão do sentido da frase. É importante identificar as diferentes estruturas das orações e as relações existentes entre elas para construir um período coerente e coeso.

FAQs

1. Como identificar se uma oração é subordinada ou coordenada?

Para identificar se uma oração é subordinada ou coordenada, é preciso analisar a relação que ela estabelece com as outras orações da frase. Se a oração estabelece uma relação de dependência com outra oração, ela é subordinada. Se a oração estabelece uma relação de igualdade com outra oração, ela é coordenada.

2. Qual é a importância da pontuação na articulação das orações em um período composto?

A pontuação é fundamental para a articulação das orações em um período composto. Ela indica as pausas que devem ser feitas na leitura e ajuda a construir o sentido da frase. Uma pontuação inadequada pode gerar ambiguidade e dificultar a compreensão do texto.

3. É possível ter um período composto formado apenas por orações independentes?

Sim, é possível ter um período composto formado apenas por orações independentes. Nesse caso, as orações são conectadas por pontuação ou por conjunções coordenativas.

Related video of como estão articuladas as orações em cada período

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait