Como Escreve "De Nada" Em Inglês

Reza September 9, 2021
Aprenda 10 maneiras de dizer De Nada em Inglês Guia de Idiomas

Quando alguém nos agradece em português, é comum respondermos “de nada” para indicar que não foi um problema ajudar ou fazer algo por essa pessoa. Mas como traduzir essa expressão para o inglês?

Traduções possíveis

Existem algumas traduções possíveis para “de nada” em inglês, dependendo do contexto em que a expressão é usada. Algumas delas são:

  • You’re welcome
  • Don’t mention it
  • No problem
  • Not at all
  • My pleasure

Uso de “you’re welcome”

A tradução mais comum para “de nada” em inglês é “you’re welcome”. Essa expressão é usada como uma resposta educada quando alguém nos agradece. O “you” se refere à pessoa que está agradecendo e o “welcome” significa que agradecer não é necessário, pois ajudar ou fazer algo por alguém foi um prazer ou uma obrigação.

Exemplos:

  • Thank you for helping me with my homework. – You’re welcome!
  • Thanks for driving me to the airport. – You’re welcome!

Uso de “don’t mention it”

“Don’t mention it” é outra tradução possível para “de nada” em inglês. Essa expressão é usada quando queremos dizer que não foi nada importante ou difícil fazer algo por alguém, e que não é necessário agradecer.

Exemplos:

For more information, please click the button below.
  • Thanks for lending me your book. – Don’t mention it, it’s a great book!
  • Thank you for inviting me to your party. – Don’t mention it, I had a great time!

Uso de “no problem”

“No problem” é uma expressão informal que também pode ser usada como resposta a um agradecimento em inglês. Essa expressão indica que fazer algo por alguém não foi um problema ou dificuldade.

Exemplos:

  • Thanks for helping me move these boxes. – No problem, I’m happy to help.
  • Thank you for covering my shift at work. – No problem, I owe you one.

Uso de “not at all”

“Not at all” é uma expressão mais formal que pode ser usada como resposta a um agradecimento em inglês. Essa expressão indica que não há nada a agradecer, pois ajudar ou fazer algo por alguém foi uma obrigação ou algo natural.

Exemplos:

  • Thank you for the gift. – Not at all, it’s the least I could do.
  • Thanks for the recommendation. – Not at all, I’m happy to help.

Uso de “my pleasure”

“My pleasure” é uma expressão mais formal que indica que fazer algo por alguém foi um prazer ou uma satisfação pessoal. Essa expressão pode ser usada como resposta a um agradecimento em inglês.

Exemplos:

  • Thank you for the delicious meal. – My pleasure, I’m glad you enjoyed it.
  • Thanks for showing me around the city. – My pleasure, I love this city.

Conclusão

Existem várias formas de traduzir “de nada” para o inglês, dependendo do contexto e do grau de formalidade da situação. As expressões mais comuns são “you’re welcome”, “don’t mention it”, “no problem”, “not at all” e “my pleasure”. É importante lembrar que cada expressão tem um significado e uma conotação diferentes, então é preciso escolher a mais adequada para cada situação.

FAQs

1. Qual é a diferença entre “you’re welcome” e “don’t mention it”?

“You’re welcome” é uma expressão mais formal e educada que indica que ajudar ou fazer algo por alguém foi um prazer ou uma obrigação. “Don’t mention it” é uma expressão mais informal que indica que não foi nada importante ou difícil fazer algo por alguém, e que não é necessário agradecer.

2. Quando devo usar “not at all”?

“Not at all” é uma expressão mais formal que indica que não há nada a agradecer, pois ajudar ou fazer algo por alguém foi uma obrigação ou algo natural. Essa expressão pode ser usada em situações formais ou profissionais.

3. Posso usar “no problem” em situações formais?

“No problem” é uma expressão mais informal que indica que fazer algo por alguém não foi um problema ou dificuldade. Por isso, não é recomendado usá-la em situações formais ou profissionais. Em vez disso, é melhor usar expressões mais formais, como “you’re welcome” ou “not at all”.

Related video of como escreve denada em inglês

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait