Com A Descoberta De Emissões De Energia Do Rádio-226

Reza December 13, 2022
Abrindo o Rádio Philips B.K. 226 U. YouTube

O rádio-226 é um elemento químico radioativo que foi descoberto em 1898 por Marie e Pierre Curie. Ele é encontrado naturalmente no solo e em minérios de urânio. O rádio-226 é um emissor alfa, ou seja, ele emite partículas alfa quando se decompõe.

Descoberta das emissões de energia do rádio-226

Em 1899, Ernest Rutherford descobriu que o rádio-226 emitia não apenas partículas alfa, mas também uma forma de energia que ele chamou de “radiação gama”. A radiação gama é uma forma de radiação eletromagnética de alta energia que é emitida por átomos instáveis.

A descoberta das emissões de energia do rádio-226 foi importante porque mostrou que o elemento tinha propriedades radioativas mais complexas do que se pensava anteriormente. Também levou a uma melhor compreensão da natureza da radiação eletromagnética em geral.

Usos do rádio-226

O rádio-226 tem vários usos importantes, incluindo:

  • Fontes de energia: o rádio-226 é usado em geradores termoelétricos de radioisótopos (RTGs) para fornecer energia elétrica em espaçonaves e faróis remotos.
  • Tratamento do câncer: o rádio-226 é usado em tratamentos de radioterapia para destruir células cancerígenas.
  • Medicina nuclear: o rádio-226 é usado em exames de imagem médica, como tomografia por emissão de pósitrons (PET) e cintilografia óssea.
  • Datando rochas e fósseis: o rádio-226 é usado em datação por radiocarbono para determinar a idade de rochas e fósseis.

Efeitos na saúde

O rádio-226 é um emissor alfa, o que significa que emite partículas alfa quando se decompõe. As partículas alfa são grandes e carregam uma carga elétrica positiva. Elas podem ser bloqueadas por uma fina folha de papel ou pela camada externa da pele humana. No entanto, se o rádio-226 for inalado ou ingerido, ele pode causar danos graves à saúde.

O rádio-226 é conhecido por causar câncer de pulmão quando é inalado. Também pode causar outras formas de câncer, como câncer ósseo, devido à sua tendência de se acumular no tecido ósseo. A exposição ao rádio-226 também pode levar a outros problemas de saúde, como danos ao DNA e problemas de tireoide.

For more information, please click the button below.

Regulamentação

Devido aos efeitos negativos na saúde, o uso do rádio-226 é regulamentado por agências governamentais em todo o mundo. A Comissão Internacional de Proteção Radiológica (ICRP) estabelece diretrizes para exposição à radiação ionizante, incluindo o rádio-226.

Os limites de exposição variam de país para país, mas geralmente são baseados nas recomendações da ICRP. Por exemplo, nos Estados Unidos, a dose anual máxima permitida para trabalhadores expostos ao rádio-226 é de 50 millisieverts (mSv) por ano. Para o público em geral, a dose anual máxima permitida é de 1 mSv por ano.

Conclusão

A descoberta das emissões de energia do rádio-226 foi um marco importante na história da física e da química. Ela levou a uma melhor compreensão da natureza da radiação eletromagnética e das propriedades radioativas dos elementos químicos.

Embora o rádio-226 tenha vários usos importantes, ele também é conhecido por seus efeitos negativos na saúde. A exposição ao rádio-226 pode causar câncer e outros problemas de saúde. Por esse motivo, seu uso é regulamentado por agências governamentais em todo o mundo.

FAQs

1. O que é radiação alfa?

A radiação alfa é um tipo de radiação ionizante emitida por átomos instáveis. Ela consiste em partículas alfa, que são núcleos de hélio sem elétrons. As partículas alfa são grandes e carregam uma carga elétrica positiva. Elas podem ser bloqueadas por uma folha de papel ou pela camada externa da pele humana.

2. Como o rádio-226 é usado em tratamentos de radioterapia?

O rádio-226 é usado em tratamentos de radioterapia para destruir células cancerígenas. Ele é administrado por via oral ou injetado no corpo do paciente. As partículas alfa emitidas pelo rádio-226 danificam o DNA das células cancerígenas, impedindo sua capacidade de se reproduzir e crescer.

3. Como o rádio-226 é usado em exames de imagem médica?

O rádio-226 é usado em exames de imagem médica, como tomografia por emissão de pósitrons (PET) e cintilografia óssea. Ele é administrado ao paciente por via intravenosa ou oral e se acumula em tecidos específicos do corpo. Quando o rádio-226 decai, ele emite partículas alfa que podem ser detectadas por equipamentos de imagem médica.

Related video of com a descoberta de emissões de energia do rádio-226

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait