Assinale A Alternativa Que Melhor Define A Deriva Continental

Reza October 18, 2021
PPT Movimentos da Terra PowerPoint Presentation, free download ID

A deriva continental é um fenômeno geológico que consiste no movimento das placas tectônicas que compõem a superfície da Terra. Essas placas são compostas por rochas e se movem lentamente ao longo do tempo, deslocando-se em direções diferentes e criando diversas características geológicas, como montanhas, vulcões e oceanos.

Como a teoria da deriva continental foi descoberta?

A teoria da deriva continental foi proposta pela primeira vez pelo geólogo alemão Alfred Wegener em 1912. Wegener percebeu que as formas de continentes, como a África e a América do Sul, pareciam encaixar-se perfeitamente como peças de um quebra-cabeça. Além disso, ele notou que certos tipos de rochas e fósseis eram encontrados em continentes diferentes, sugerindo que eles já estiveram unidos em algum momento no passado.

No entanto, a teoria de Wegener não foi amplamente aceita na época, pois ele não conseguiu explicar como os continentes poderiam ter se movido. Foi somente na década de 1960 que a teoria da deriva continental foi finalmente aceita pelos cientistas, quando a teoria das placas tectônicas foi desenvolvida.

Como as placas tectônicas se movem?

As placas tectônicas se movem por causa das correntes de convecção no manto da Terra. O manto é uma camada espessa de rocha abaixo da crosta terrestre, onde a temperatura é alta o suficiente para derreter parte do material rochoso. Esse material derretido forma correntes de magma que se movem lentamente no manto, empurrando as placas tectônicas em direções diferentes.

Existem três tipos de bordas de placas tectônicas: divergentes, convergentes e transformantes. Nas bordas divergentes, as placas se afastam uma da outra, criando novas crostas oceânicas. Nas bordas convergentes, as placas se chocam uma contra a outra, podendo resultar em subducção, onde uma placa desliza sob a outra e é empurrada para o manto, ou em colisão, onde as placas se elevam e formam montanhas. Já nas bordas transformantes, as placas se movem lateralmente uma em relação à outra.

Quais são as consequências da deriva continental?

A deriva continental tem várias consequências geológicas, tais como:

For more information, please click the button below.
  • A formação de montanhas, como os Andes na América do Sul e as montanhas do Himalaia na Ásia;
  • A formação de vulcões, como o Monte Fuji no Japão e o Monte Kilimanjaro na África;
  • A formação de terremotos, que ocorrem quando as placas tectônicas se movem e liberam energia acumulada;
  • A formação de oceanos, como o Oceano Atlântico, que se abriu quando a América do Sul e a África se separaram;
  • A mudança no clima, já que a deriva continental afeta a circulação atmosférica e oceânica, além de influenciar as correntes de ar e as correntes marítimas.

Qual é a importância da deriva continental?

A deriva continental é importante porque nos ajuda a entender a evolução da Terra ao longo do tempo. Ela explica como os continentes se formaram e como eles mudaram ao longo de milhões de anos. Além disso, a deriva continental tem implicações importantes para a geologia, a biologia e a climatologia, pois afeta a distribuição de recursos naturais, a diversidade biológica e o clima em todo o mundo.

Em resumo, a deriva continental é um fenômeno geológico importante que descreve o movimento das placas tectônicas da Terra. Ele tem implicações importantes para a geologia, a biologia e a climatologia, e nos ajuda a entender como os continentes se formaram e mudaram ao longo do tempo. A teoria da deriva continental é uma das maiores conquistas da ciência moderna e continua a ser um campo de estudo fascinante para os cientistas em todo o mundo.

FAQs

1. A deriva continental ainda está acontecendo?

Sim, a deriva continental ainda está acontecendo. As placas tectônicas continuam a se mover lentamente ao longo do tempo, formando novas características geológicas e mudando a paisagem da Terra.

2. A deriva continental pode causar desastres naturais?

Sim, a deriva continental pode causar desastres naturais, como terremotos e vulcões. No entanto, esses eventos são raros e geralmente ocorrem em áreas onde as placas tectônicas se encontram.

3. A deriva continental pode afetar o clima?

Sim, a deriva continental pode afetar o clima, pois ela afeta a circulação atmosférica e oceânica. Por exemplo, a deriva continental pode afetar a quantidade de luz solar que atinge a superfície da Terra, influenciando as temperaturas e os padrões de precipitação.

Related video of assinale a alternativa que melhor define a deriva continental

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait