As Viagens De Gulliver Resumo

Reza November 19, 2022
As Viagens de Gulliver Livro WOOK

As Viagens de Gulliver é um livro de aventura e sátira escrito por Jonathan Swift em 1726. O livro conta a história de Lemuel Gulliver, um cirurgião naval que viaja para diferentes lugares do mundo. O livro é dividido em quatro partes, cada uma descrevendo a viagem de Gulliver para um lugar diferente. Neste resumo, vamos explorar cada uma dessas partes e entender como elas contribuem para a história geral.

Parte I: Uma Viagem para Lilliput

Na primeira parte, Gulliver viaja para Lilliput, uma ilha habitada por pessoas extremamente pequenas, chamadas lilliputianos. Lá, ele é capturado pelos lilliputianos e precisa se adaptar à sua nova vida. Ele descobre que a sociedade de Lilliput é altamente hierárquica, com diferentes grupos de pessoas ocupando diferentes posições na sociedade. Ele também aprende sobre a política de Lilliput, que é dominada por duas facções rivais que lutam pelo poder.

Eventualmente, Gulliver consegue escapar de Lilliput e retorna para a Inglaterra. Ele se sente desconfortável em seu antigo ambiente, no entanto, e decide voltar a viajar.

Parte II: Uma Viagem para Brobdingnag

Na segunda parte, Gulliver viaja para Brobdingnag, uma terra habitada por gigantes. Lá, ele é capturado por uma família de gigantes, que inicialmente o trata como um animal de estimação. Ele é eventualmente vendido para o rei de Brobdingnag, que fica fascinado com a inteligência de Gulliver e começa a considerá-lo um amigo.

Gulliver se sente desconfortável em Brobdingnag, no entanto, porque ele está acostumado a ser o maior em sua sociedade. Ele é constantemente lembrado de sua pequenez e fragilidade em comparação com os gigantes. Ele também é confrontado com as dificuldades da política de Brobdingnag, que é marcada pela corrupção e pelo engano.

Parte III: Uma Viagem para Laputa, Balnibarbi e Luggnagg

Na terceira parte, Gulliver viaja para Laputa, uma ilha flutuante habitada por cientistas e filósofos. Lá, ele é exposto às teorias estranhas e inúteis que são desenvolvidas pelos acadêmicos de Laputa. Ele também visita Balnibarbi, uma ilha governada por um rei que é obcecado com a ciência e a tecnologia.

For more information, please click the button below.

Finalmente, Gulliver viaja para Luggnagg, uma ilha habitada por pessoas imortais. Lá, ele se encontra com um homem que tem mais de 300 anos e aprende sobre a sociedade de Luggnagg, que é marcada pela apatia e pela indiferença.

Parte IV: Uma Viagem para o País dos Houyhnhnms

Na quarta e última parte, Gulliver viaja para o País dos Houyhnhnms, uma terra habitada por cavalos inteligentes e racionais. Lá, ele faz amizade com um Houyhnhnm e aprende sobre a sociedade dessas criaturas. Ele também conhece os yahoos, criaturas humanóides semelhantes a macacos, que são considerados como animais pelos Houyhnhnms.

Gulliver fica cada vez mais fascinado com a sociedade dos Houyhnhnms e começa a desprezar a humanidade. Ele se torna cada vez mais misantropo, até o ponto em que se sente incapaz de conviver com outros seres humanos. Ele eventualmente é resgatado por um navio português e retorna para casa, mas continua a sentir um forte desgosto pela sociedade humana.

Conclusão

As Viagens de Gulliver é um livro que utiliza a sátira para criticar a sociedade e os valores da época em que foi escrito. Cada parte da história apresenta um lugar diferente e uma sociedade diferente, permitindo que o autor explore diferentes temas e ideias. No geral, o livro critica a hierarquia social, a política, a ciência e a religião, entre outras coisas.

FAQs

O que significa o título “As Viagens de Gulliver”?

O título “As Viagens de Gulliver” se refere às várias viagens que o personagem Lemuel Gulliver faz ao longo do livro. Cada parte do livro descreve uma viagem diferente para um lugar diferente.

Por que Jonathan Swift usou a sátira em “As Viagens de Gulliver”?

Jonathan Swift usou a sátira em “As Viagens de Gulliver” para criticar a sociedade e os valores da época em que o livro foi escrito. Ele acreditava que a sociedade era hipócrita e corrupta, e usou a sátira para expor esses problemas de uma forma humorística.

Por que Gulliver se sente tão desconfortável em seu próprio ambiente depois de suas viagens?

Gulliver se sente desconfortável em seu próprio ambiente depois de suas viagens porque ele experimentou diferentes formas de sociedade e de vida, e percebeu que sua própria sociedade tem falhas e problemas. Ele também se sente diferente e isolado porque suas experiências o tornaram mais crítico e cínico em relação à sociedade humana.

Related video of as viagens de gulliver resumo

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait