A Teoria Do Estilo De Aprendizagem Experiencial

Reza October 1, 2022
CICLO DE APRENDIZAGEM EXPERIENCIAL DE KOLB (1984) Download Scientific

A teoria do estilo de aprendizagem experiencial, também conhecida como teoria do ciclo de aprendizagem experiencial, é um modelo teórico que descreve como as pessoas aprendem através da experiência. Essa teoria foi desenvolvida por David Kolb em 1984, com base em estudos anteriores de Carl Rogers, John Dewey e Kurt Lewin.

O que é a Teoria do Ciclo de Aprendizagem Experiencial?

A Teoria do Ciclo de Aprendizagem Experiencial é uma teoria que descreve como as pessoas aprendem através da experiência. Segundo essa teoria, a aprendizagem ocorre em um ciclo de quatro etapas:

  1. Experiência Concreta (EC)
  2. Observação Reflexiva (OR)
  3. Conceituação Abstrata (CA)
  4. Experimentação Ativa (EA)

Essas etapas são interdependentes e se conectam em um ciclo ininterrupto de aprendizagem. Cada etapa do ciclo é essencial para a aprendizagem significativa e duradoura.

Como funciona o Ciclo de Aprendizagem Experiencial?

O ciclo de aprendizagem experiencial começa com uma Experiência Concreta (EC), que é a experiência real vivida pelo indivíduo. Depois de vivenciada a experiência, o indivíduo passa para a Observação Reflexiva (OR), que é a reflexão sobre a experiência e a análise do que foi vivido.

A partir daí, o indivíduo chega à Conceituação Abstrata (CA), que é a criação de um conceito ou uma teoria a partir da reflexão sobre a experiência vivida. Por fim, o indivíduo passa para a Experimentação Ativa (EA), que é a aplicação prática do conceito ou da teoria desenvolvida a partir da experiência.

Depois de passar pela Experimentação Ativa, o indivíduo vive novamente uma Experiência Concreta e o ciclo de aprendizagem experiencial começa novamente.

For more information, please click the button below.

Quais são os quatro estilos de aprendizagem experiencial?

A partir da Teoria do Ciclo de Aprendizagem Experiencial, David Kolb identificou quatro estilos de aprendizagem experiencial:

  • Acomodador
  • Divergente
  • Convergente
  • Assimilador

O estilo Acomodador é caracterizado por uma forte ênfase na Experimentação Ativa. As pessoas com esse estilo preferem aprender fazendo, tentando coisas novas e correndo riscos. Elas aprendem melhor quando estão envolvidas em atividades práticas e têm a oportunidade de experimentar coisas novas.

O estilo Divergente é caracterizado por uma forte ênfase na Observação Reflexiva. As pessoas com esse estilo preferem aprender observando e refletindo sobre o que veem. Elas aprendem melhor quando têm a oportunidade de discutir ideias, explorar diferentes pontos de vista e considerar múltiplas perspectivas.

O estilo Convergente é caracterizado por uma forte ênfase na Conceituação Abstrata. As pessoas com esse estilo preferem aprender através da análise e da resolução de problemas. Elas aprendem melhor quando têm a oportunidade de aplicar teorias e conceitos a situações práticas e de trabalhar com dados concretos.

O estilo Assimilador é caracterizado por uma forte ênfase na Experiência Concreta. As pessoas com esse estilo preferem aprender através da observação e da reflexão sobre as experiências vividas. Elas aprendem melhor quando têm a oportunidade de explorar conceitos e teorias em profundidade e de fazer conexões entre diferentes ideias.

Qual é a importância da Teoria do Ciclo de Aprendizagem Experiencial?

A Teoria do Ciclo de Aprendizagem Experiencial é importante porque nos ajuda a entender como as pessoas aprendem e como podemos criar estratégias de aprendizagem mais eficazes. Ao compreender as etapas do ciclo de aprendizagem experiencial e os diferentes estilos de aprendizagem, podemos criar experiências de aprendizagem mais enriquecedoras e personalizadas.

Além disso, a Teoria do Ciclo de Aprendizagem Experiencial é útil para o desenvolvimento pessoal e profissional. Ao compreender como aprendemos, podemos desenvolver habilidades e competências que nos ajudam a crescer e a evoluir em nossa vida pessoal e profissional.

Conclusão

A Teoria do Ciclo de Aprendizagem Experiencial é uma teoria importante para entender como as pessoas aprendem e como podemos criar estratégias de aprendizagem mais eficazes. Compreender as etapas do ciclo de aprendizagem experiencial e os diferentes estilos de aprendizagem pode ajudar a personalizar experiências de aprendizagem e a desenvolver habilidades e competências pessoais e profissionais.

FAQs

1. Como posso identificar meu estilo de aprendizagem experiencial?

Você pode identificar seu estilo de aprendizagem experiencial fazendo um teste de estilos de aprendizagem, como o teste de Kolb. Esse teste ajuda a identificar seu estilo de aprendizagem dominante e pode ser usado para personalizar experiências de aprendizagem.

2. Como posso aplicar a Teoria do Ciclo de Aprendizagem Experiencial em minha vida profissional?

Você pode aplicar a Teoria do Ciclo de Aprendizagem Experiencial em sua vida profissional criando experiências de aprendizagem personalizadas para você e para sua equipe. Ao compreender os diferentes estilos de aprendizagem e as etapas do ciclo de aprendizagem experiencial, você pode criar atividades e projetos que atendam às necessidades de aprendizagem de cada membro da equipe.

3. Como a Teoria do Ciclo de Aprendizagem Experiencial pode ajudar no desenvolvimento de habilidades pessoais?

A Teoria do Ciclo de Aprendizagem Experiencial pode ajudar no desenvolvimento de habilidades pessoais, pois ela ajuda a compreender como as pessoas aprendem e como podemos criar experiências de aprendizagem mais eficazes. Ao compreender como aprendemos, podemos desenvolver habilidades e competências que nos ajudam a crescer e a evoluir em nossa vida pessoal e profissional.

Related video of a teoria do estilo de aprendizagem experiencial

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait