A Quem Se Dirige O Eu Lírico

Reza October 10, 2021
o eu lírico se dirige a nise, sua amada pastora. nesse poema, como ele

O termo “eu lírico” é utilizado na poesia para se referir à voz poética presente no poema, ou seja, a pessoa que fala ou escreve o poema. É importante destacar que o eu lírico não necessariamente representa o autor do poema, podendo ser uma personagem fictícia criada por ele.

Tipos de eu lírico

Existem diferentes tipos de eu lírico, cada um com suas características e objetivos específicos. Alguns exemplos são:

  • Eu lírico autobiográfico: é aquele que utiliza a sua própria experiência de vida como fonte de inspiração para o poema. Nesse caso, o eu lírico se dirige a si mesmo, narrando suas próprias vivências.
  • Eu lírico dramático: é aquele que representa uma personagem fictícia criada pelo autor, que vive uma situação dramática. Nesse caso, o eu lírico se dirige a outras personagens ou ao leitor, contando a sua história.
  • Eu lírico lírico: é aquele que expressa emoções e sentimentos de forma subjetiva, sem necessariamente narrar uma história. Nesse caso, o eu lírico se dirige a si mesmo ou ao leitor, tentando transmitir suas sensações.

A quem se dirige o eu lírico

A resposta para essa pergunta depende do tipo de eu lírico presente no poema. Abaixo, seguem alguns exemplos:

  • Eu lírico autobiográfico: como o próprio nome sugere, o eu lírico se dirige a si mesmo, narrando suas próprias experiências de vida. O leitor, por sua vez, é um mero espectador dessa narrativa, sem necessariamente participar dela.
  • Eu lírico dramático: nesse caso, o eu lírico se dirige a outras personagens ou ao leitor, contando a história da personagem fictícia criada pelo autor. O objetivo é fazer com que o leitor se identifique com a personagem e se envolva emocionalmente com sua história.
  • Eu lírico lírico: o eu lírico pode se dirigir a si mesmo, tentando expressar emoções e sentimentos de forma subjetiva. Nesse caso, o leitor é convidado a compartilhar dessas emoções e a refletir sobre elas.

Exemplos de eu lírico em poesias famosas

Para ilustrar melhor os diferentes tipos de eu lírico e a quem eles se dirigem, seguem abaixo alguns exemplos de poesias famosas:

Soneto de Fidelidade, de Vinicius de Moraes

Eu diria que o eu lírico desse poema é autobiográfico, já que Vinicius de Moraes utiliza a sua própria experiência amorosa como fonte de inspiração. O eu lírico se dirige à sua amada, expressando seu amor e fidelidade.

Exemplo de trecho:

Eu possa me dizer do amor (que tive): Que não seja imortal, posto que é chama Mas que seja infinito enquanto dure.

O Corvo, de Edgar Allan Poe

Nesse famoso poema de Edgar Allan Poe, o eu lírico é dramático, já que representa uma personagem fictícia que conversa com um corvo. O objetivo é criar uma atmosfera de suspense e mistério, fazendo com que o leitor se envolva emocionalmente com a história.

For more information, please click the button below.

Exemplo de trecho:

Quoth the Raven “Nevermore.”

Soneto da Separacão, de Vinicius de Moraes

Nesse soneto, o eu lírico é lírico, já que expressa emoções e sentimentos de forma subjetiva. O objetivo é fazer com que o leitor reflita sobre o fim de um relacionamento amoroso.

Exemplo de trecho:

Que não seja então a minha mão direita A que escreve este verso, nem este meu olho O que chora no papel, perdão, a tinta, Não seja um corpo e alma para isso tão pouco.

Conclusão

O eu lírico é uma das principais ferramentas utilizadas pelos poetas para transmitir suas mensagens e emoções. É importante lembrar que o eu lírico não necessariamente representa o autor do poema, podendo ser uma personagem fictícia criada por ele. A quem o eu lírico se dirige depende do tipo de eu lírico presente no poema, podendo ser a si mesmo, outras personagens ou o leitor.

FAQs

1. O eu lírico é sempre autobiográfico?

Não, o eu lírico pode representar uma personagem fictícia criada pelo autor ou expressar emoções de forma subjetiva, sem necessariamente narrar uma história.

2. O eu lírico é a mesma coisa que o autor do poema?

Não necessariamente. O eu lírico pode representar uma personagem fictícia criada pelo autor ou expressar emoções de forma subjetiva, sem necessariamente representar o autor do poema.

3. O eu lírico sempre se dirige a alguém?

Nem sempre. Em alguns casos, o eu lírico pode se dirigir a si mesmo, expressando emoções e sentimentos de forma subjetiva.

Related video of a quem se dirige o eu lírico

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait