A Observação Do Cronista Português Pero De Magalhães

Reza February 14, 2022
Retrato de Pêro de Magalhães Gândavo, o primeiro investigador de

Pero de Magalhães foi um cronista português que viveu no século XV. Ele é conhecido por sua obra “De Rebus Emanuelis”, que descreve as expedições portuguesas ao redor do mundo, incluindo a de Vasco da Gama à Índia. No entanto, uma de suas observações mais interessantes é sobre a cultura e os costumes dos povos que encontrou durante suas viagens.

Contexto histórico

Para entender a importância das observações de Pero de Magalhães, é preciso entender o contexto histórico em que ele viveu. Nos séculos XV e XVI, Portugal era uma das principais potências marítimas do mundo. Os portugueses foram os primeiros europeus a explorar a costa africana e a chegar à Índia, abrindo rotas comerciais lucrativas e estabelecendo colônias em todo o mundo.

Além disso, a Igreja Católica era uma força dominante na Europa na época, e a expansão do cristianismo era vista como uma missão sagrada pelos reis e líderes religiosos.

Assim, quando Pero de Magalhães viajou pelo mundo, ele estava em uma posição única para observar e registrar a diversidade de culturas e costumes que encontrou.

As observações de Pero de Magalhães

Uma das coisas mais fascinantes sobre as observações de Pero de Magalhães é a sensibilidade com que ele descreveu as culturas e tradições que encontrou. Ele não apenas registrou o que viu, mas também tentou entender as crenças e valores por trás dessas tradições.

Por exemplo, em sua descrição dos povos africanos que encontrou, ele escreveu:

For more information, please click the button below.

“Os africanos são um povo muito trabalhador e esforçado, e sua terra é muito fértil. Eles têm suas próprias tradições e religiões, que parecem estranhas para nós, mas são profundamente significativas para eles.”

Essa abordagem respeitosa e curiosa permitiu que Pero de Magalhães fizesse observações detalhadas sobre as culturas que encontrou. Por exemplo, ele documentou a prática da poligamia entre os africanos, e também descreveu a forma como os africanos tratavam seus mortos, enterrando-os com objetos de valor que seriam úteis no além-vida.

Ele também descreveu as tradições religiosas dos povos que encontrou. Por exemplo, ele registrou a prática do animismo entre os africanos, a crença de que cada objeto ou ser vivo tem um espírito ou alma. Ele também descreveu a religião cristã ortodoxa que encontrou na Etiópia, e a forma como a Igreja Etíope se diferenciava da Igreja Católica romana.

Além disso, Pero de Magalhães também observou as diferenças culturais entre os povos da Ásia e da América. Ele descreveu a arquitetura dos templos hindus e budistas que viu na Índia, e também descreveu as tradições dos povos nativos americanos, como a prática da caça ao búfalo.

A importância das observações de Pero de Magalhães

As observações de Pero de Magalhães são importantes por várias razões. Em primeiro lugar, elas nos ajudam a entender a diversidade de culturas e tradições que existiam no mundo no século XV. Em vez de ver o mundo como uma série de povos bárbaros e incivilizados, como muitos europeus da época faziam, Pero de Magalhães nos mostra que cada cultura tem suas próprias crenças e valores significativos.

Além disso, as observações de Pero de Magalhães são importantes porque ele não apenas registrou o que viu, mas também tentou entender as tradições e crenças por trás dessas práticas. Isso nos ajuda a ter uma compreensão mais profunda da forma como as pessoas pensavam e agiam na época.

Finalmente, as observações de Pero de Magalhães são importantes porque ele as registrou em uma época em que a cultura e a religião européias estavam se tornando cada vez mais dominantes em todo o mundo. Ao documentar a diversidade de culturas que encontrou, ele nos lembra que o mundo é composto por uma multiplicidade de vozes e perspectivas, e que devemos valorizar e respeitar essa diversidade.

Conclusão

A obra de Pero de Magalhães é uma importante fonte de informação sobre as culturas e tradições que existiam no mundo no século XV. Suas observações são valiosas não apenas por sua precisão e detalhe, mas também por sua sensibilidade e respeito pelas culturas que encontrou. Ela nos lembra que a diversidade cultural é uma força positiva que deve ser valorizada e respeitada.

FAQs

1. Qual foi a principal contribuição de Pero de Magalhães para a história?

A principal contribuição de Pero de Magalhães para a história foi sua obra “De Rebus Emanuelis”, que descreve as expedições portuguesas ao redor do mundo. No entanto, suas observações detalhadas sobre as culturas e tradições que encontrou também são uma importante fonte de informação sobre o mundo no século XV.

2. Por que as observações de Pero de Magalhães são importantes?

As observações de Pero de Magalhães são importantes porque nos ajudam a entender a diversidade de culturas e tradições que existiam no mundo no século XV. Elas também são importantes porque ele não apenas registrou o que viu, mas também tentou entender as tradições e crenças por trás dessas práticas. Finalmente, as observações de Pero de Magalhães são importantes porque ele as registrou em uma época em que a cultura e a religião europeias estavam se tornando cada vez mais dominantes em todo o mundo.

3. Como as observações de Pero de Magalhães são relevantes hoje?

As observações de Pero de Magalhães são relevantes hoje porque nos lembram da importância da diversidade cultural e do respeito pelas crenças e tradições dos outros. Elas também nos lembram que o mundo é composto por uma multiplicidade de vozes e perspectivas, e que devemos valorizar e respeitar essa diversidade.

Related video of a observação do cronista português pero de magalhães

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait