A Menina Que Acreditava Em Milagres

Reza September 20, 2022
A Menina que Acredita em Milagres MENOFLIX

“A Menina que Acreditava em Milagres” é um livro escrito por Santa Montefiore. O livro conta a história de uma menina chamada Ellen Trawton, que cresceu em uma família rica e privilegiada, mas que acredita em milagres e em uma vida além da materialidade.

Enredo

A história começa com Ellen, uma menina de seis anos, que perdeu a mãe num acidente de carro. Desde então, ela passa a acreditar que a mãe vira borboletas e que está sempre com ela.

Ellen cresce em uma família rica, com um pai ausente e uma madrasta autoritária. A menina é uma aluna brilhante e muito religiosa, o que causa estranhamento entre seus colegas e professores. Ela é muito solitária e não tem muitos amigos, além de acreditar que pode fazer milagres e curar pessoas doentes.

Um dia, Ellen conhece o Padre Gabriel, um padre carismático que se torna seu amigo e mentor espiritual. Gabriel acredita que Ellen tem um dom especial e a incentiva a usá-lo para ajudar as pessoas. Com a ajuda do padre, Ellen começa a fazer visitas a um hospital infantil, onde conhece a pequena Jenny, uma menina doente que se torna sua grande amiga.

Ellen passa a acreditar que pode curar Jenny e faz de tudo para ajudá-la, inclusive desafiando a autoridade de sua madrasta e enfrentando problemas na escola. Ela também passa a questionar a religião e acreditar em um Deus mais amoroso e tolerante, o que causa conflitos com sua família e com a igreja.

No final, Ellen tem que lidar com a morte de Jenny e com a descoberta de um grande segredo de família. Ela também descobre que seus milagres não são infalíveis e que precisa aceitar a vida como ela é, mas mantendo sempre sua fé e sua crença em um mundo melhor.

For more information, please click the button below.

Temas

“A Menina que Acreditava em Milagres” aborda vários temas importantes, como:

  • A morte e o luto: Ellen perde a mãe e a amiga Jenny e tem que lidar com a dor e a saudade;
  • A religião e a espiritualidade: Ellen tem uma relação muito forte com Deus e com a crença em milagres, o que causa conflitos com sua família e com a igreja;
  • A amizade: Ellen encontra em Jenny uma grande amiga e companheira de aventuras, apesar das diferenças entre elas;
  • A família: Ellen tem um relacionamento difícil com o pai e a madrasta e descobre segredos que mudam sua percepção sobre a própria história;
  • A vida além da materialidade: Ellen acredita em um mundo espiritual e em uma vida após a morte, o que a faz questionar a realidade que a cerca.

Estilo

Santa Montefiore é conhecida por seus romances emocionantes e com personagens cativantes. “A Menina que Acreditava em Milagres” segue essa linha, com uma narrativa envolvente e personagens que despertam a empatia do leitor.

O livro é escrito em terceira pessoa, o que permite ao leitor ter uma visão mais ampla dos acontecimentos e dos pensamentos dos personagens. A autora também utiliza muitos diálogos, o que dá mais dinamismo à história.

Conclusão

“A Menina que Acreditava em Milagres” é um livro emocionante e inspirador, que aborda temas importantes de forma sensível e cativante. A história de Ellen Trawton é uma jornada de descobertas e aprendizados, que nos faz refletir sobre a vida, a morte, a religião e a espiritualidade.

FAQs

1. O livro é indicado para que tipo de leitor?

O livro é indicado para leitores que gostam de romances emocionantes, com personagens cativantes e temas relevantes. É uma boa opção para quem se interessa por espiritualidade e religião, mas também para quem busca uma história envolvente e inspiradora.

2. O livro é baseado em fatos reais?

Não, o livro é uma obra de ficção e não se baseia em fatos reais.

3. O livro tem continuação?

Não, “A Menina que Acreditava em Milagres” é um livro único e não tem continuação.

Related video of a menina que acreditava em milagre

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait