A Alternativa Errada Quanto Ao Emprego Do Porquê É

Reza March 24, 2022
Uso dos porquês Quiz

O porquê é uma palavra que pode ser utilizada de várias maneiras na língua portuguesa, por isso é importante saber como e quando usá-la corretamente. É comum encontrarmos dúvidas em relação ao emprego do porquê, por isso vamos explicar neste texto qual é a alternativa errada quanto ao uso dessa palavra.

O que é o porquê?

Antes de explicarmos qual é a alternativa errada quanto ao uso do porquê, é importante entendermos o que essa palavra significa. O porquê é uma palavra que pode ser usada como substantivo, conjunção ou advérbio.

Como substantivo, o porquê indica a razão, o motivo, a causa de algo. Exemplo: Não entendi o porquê da sua atitude.

Como conjunção, o porquê pode ser usado para introduzir uma explicação ou justificativa. Exemplo: Não fui à festa, porque estava doente.

Como advérbio, o porquê é usado para intensificar uma ideia, indicando a força ou a intensidade de um sentimento. Exemplo: Eu te amo muito, porquê!

Qual é a alternativa errada quanto ao uso do porquê?

A alternativa errada quanto ao uso do porquê é a letra “d”, que afirma que o porquê deve ser usado sem acento quando for pronome interrogativo. Essa afirmação está incorreta, pois o porquê deve receber acento em todas as situações em que for utilizado.

For more information, please click the button below.

O porquê sempre deve ser acentuado, seja ele substantivo, conjunção ou advérbio. O acento é usado para diferenciar essa palavra de outras que possuem grafia semelhante, como porque (advérbio causal), por que (combinação da preposição por + pronome interrogativo que) e porquê (substantivo).

Vejamos alguns exemplos para entendermos melhor:

  • Qual o porquê da sua tristeza? (substantivo)
  • Não fui ao cinema, porque estava sem dinheiro. (conjunção)
  • Estou feliz porquê te encontrei. (advérbio)

Outras dicas sobre o uso do porquê

Além de saber que o porquê sempre deve ser acentuado, é importante observar algumas outras dicas para utilizá-lo corretamente:

  • O porquê é sempre escrito junto e com acento, mesmo quando estiver no meio de uma frase.
  • Quando o porquê for utilizado como substantivo, pode vir acompanhado de artigo definido (o, a, os, as) ou indefinido (um, uma, uns, umas). Exemplo: Não entendi o porquê da sua atitude.
  • Quando o porquê for utilizado como conjunção, ele pode ser substituído por “pois”, “já que” ou “como”. Exemplo: Não fui ao cinema, porque estava sem dinheiro. = Não fui ao cinema, pois estava sem dinheiro.
  • Quando o porquê for utilizado como advérbio, ele pode ser substituído por “muito”, “bastante” ou “intensamente”. Exemplo: Estou feliz porquê te encontrei. = Estou feliz intensamente porque te encontrei.

Conclusão

O porquê é uma palavra muito importante na língua portuguesa e pode ser utilizado de várias maneiras. É fundamental que saibamos empregá-la corretamente, para evitar erros de ortografia e de interpretação. Neste texto, explicamos que a alternativa errada quanto ao uso do porquê é a afirmação de que ele não deve receber acento quando for pronome interrogativo. O porquê sempre deve ser acentuado, independente da sua função na frase.

FAQs

1. O porquê é sempre acentuado, mesmo no meio de uma frase?

Sim, o porquê deve ser sempre acentuado, independente da sua posição na frase.

2. O que é o porquê como advérbio?

O porquê como advérbio é utilizado para intensificar uma ideia, indicando a força ou a intensidade de um sentimento.

3. Quando o porquê for utilizado como conjunção, ele pode ser substituído por qual palavra?

Quando o porquê for utilizado como conjunção, ele pode ser substituído por “pois”, “já que” ou “como”.

Related video of a alternativa errada quanto ao emprego do porquê é

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait